Acompanhe:

4 ações que pagam dividendos mensais: saiba como receber dividendos todo mês

Ações que pagam dividendos mensais podem ser uma ótima opção para investidores que buscam gerar renda passiva

 (Getty/Getty Images)

(Getty/Getty Images)

D
Da Redação

11 de janeiro de 2023, 15h44

Com as ações entrando em um mercado de baixa, a inflação subindo e os riscos de recessão aumentando, os investidores estão se perguntando como gerar retornos para suas carteiras. Com isso, as ações que pagam dividendos mensais podem ser a resposta para essa pergunta.

Não há garantias de retorno nos investimentos de renda variável, mas as ações que pagam dividendos mensais podem ser uma ótima opção para investidores que buscam gerar renda passiva, bem como, aqueles que pretendem adicionar alguma estabilidade ao seu portfólio.

O que são ações que pagam dividendos mensais?

As empresas que pagam dividendos mensais geralmente devolvem o lucro obtido aos acionistas, enquanto as que não pagam reinvestem esse lucro para o crescimento do negócio. 

Desse modo, as ações que pagam dividendos mensais distribuem regularmente uma parte dos ganhos de empresas conhecidas no mercado para os investidores. 

A maioria das ações de dividendos paga aos investidores um valor fixo a cada trimestre, enquanto os principais papéis aumentam seus pagamentos ao longo do tempo para que os investidores possam construir fluxos de renda passiva.

Além disso, os investidores têm a opção de reinvestir os dividendos se não precisarem de um fluxo de receita mensal. 

Como investir em ações que pagam dividendos mensais? 

Investir em ações que pagam dividendos mensais não difere de investir em qualquer outra ação. Os investidores precisam de uma conta na corretora para negociar. 

Após abrir uma conta, os investidores podem escolher empresas que pagam dividendos mensais para investir.

No entanto, antes de investir em qualquer empresa, verifique se os ganhos e a receita estão crescendo e certifique-se de que ela não esteja sobrecarregada com dívidas. Todos esses fatores afetam os gastos.

É preciso enfatizar que, para os investidores que buscam possuir um melhor gerenciamento de riscos, as ações que pagam dividendos mensais não são apenas uma busca por proventos sustentáveis. 

Uma das opções, caso esteja alinhada com o perfil de risco do investidor, é o investimento em small caps que, por sua vez, pretendem aumentar sua capitalização e assim expandir seus pagamentos de dividendos no futuro.

Vantagens de investir em ações que pagam dividendos mensais

Se os investidores reaplicam seus dividendos, essa distribuição de proventos tem uma vantagem distinta sobre os pagamentos de dividendos de longo prazo, permitindo que os fundos sejam reinvestidos e compostos para começar mais rapidamente.

Portanto, embora duas ações diferentes possam ter o mesmo retorno em dividendos, aquela que paga será mensalmente composta mais rapidamente do que aquela que paga trimestralmente (supondo que a taxa de crescimento do reinvestimento seja a mesma), tornando-a mais valiosa.

Além disso, um benefício adicional de investir em empresas que pagam dividendos mensais é que suas ações tendem a ser mais sólidas no mercado, o que significa haver um fluxo constante de receita para sustentar seus pagamentos mensais.

O que deve ser observado nas ações que pagam dividendos mensais?

Uma regra prática ao procurar ações que pagam dividendos mensais é não ser tentado pela chamada "armadilha do dividendo". Em outras palavras, só porque uma ação paga um dividendo muito alto não significa que seja um bom investimento.

Normalmente, os aumentos nos rendimentos das ações são resultados da queda dos preços dos ativos, sugerindo que as empresas correm o risco de cortar seus dividendos ou têm menos probabilidade de aumentá-los acima dos níveis já altos.

Riscos de dividendos mais altos que o comum

Durante a recente crise financeira, muitas empresas cortaram seus dividendos ou até deixaram de pagá-los. No entanto, mesmo em condições de mercado mais favoráveis, há muitos sinais a serem observados.

Por exemplo, quando uma empresa alerta sobre lucros baixos, muitas vezes soa o “alarme” de que seu dividendo pode estar em risco. Além disso, se o dividendo de uma empresa estiver fora de sincronia com seus concorrentes, também pode ser um sinal de que as coisas não estão indo bem.

Avalie a taxa de pagamento

Essa métrica (calculada dividindo os dividendos por ação pelo lucro por ação) informa quanto dos ganhos de uma empresa são pagos em dividendos. Sendo assim, uma proporção maior que 100% significa que a empresa está pagando aos acionistas mais do que ganha.

Como resultado, se o investidor tem em seu portfólio uma empresa que está perdendo dinheiro, mas ainda está pagando dividendos, talvez seja hora de vender. 

Observe o crescimento dos dividendos

Em geral, os investidores desejam encontrar não apenas ações que pagam dividendos mensais, mas que também aumentem esse pagamento regularmente, como nos últimos três, cinco ou até dez anos. Sendo assim, as empresas que aumentam seus dividendos tendem a superar seus pares ao longo do tempo.

4 ações que pagam dividendos 

Construir uma carteira de ações que pagam dividendos mensais leva muito tempo e esforço. 

Contudo, para facilitar a análise dos investidores, vale destacar algumas das empresas que pagam dividendos mensais. Importante mencionar que nenhuma delas representa qualquer recomendação de investimento.

1. Itaú (ITUB3/ITUB4)

O maior e mais rentável banco do país, o Itaú, é considerado uma grande empresa que paga dividendos mensais. 

No geral, a empresa paga aos seus acionistas um valor de R$ 0,015 por ação ordinária (ITUB3) e preferencial (ITUB4) mensalmente, embora esse valor possa variar a qualquer momento.

2. Bradesco (BBDC3/BBDC4)

O Bradesco, o segundo maior banco do Brasil, é uma das empresas com ações que pagam proventos mensais, mas na forma de juros sobre capital próprio (JCP), com valor que costuma ser de R$ 0,017 por ação.

3. Taesa (TAEE11) 

A transmissora de energia Taesa (TAEE11) tem demonstrado consistentemente seus resultados e a qualidade de suas operações, conferindo-lhe reputação entre os investidores como excelente pagadora de dividendos. 

Embora não pague mensalmente, trata-se de uma empresa que paga religiosamente seus proventos em maio, agosto, novembro e dezembro.

Segundo dados da Economatica, o dividend yield da Taesa (TAEE11) foi de 14,23% nos últimos 12 meses encerrados em 16 de setembro, com capacidade de pagar dividendos de até 13,07% nos próximos 12 meses (desde que a empresa tenha um lucro igual ou superior aos últimos 12 meses e mantenha a política de dividendos e JCP do ano passado).

4. Itaúsa (ITSA3/ITSA4)

Como maior acionista do Banco Itaú, a Itaúsa Holdings é uma das empresas que os investidores mais conhecem quando o assunto são dividendos. 

Embora não seja uma das ações que pagam dividendos mensais, a empresa merece fazer parte dessa lista, com uma política de dividendos trimestrais no valor de R$ 0,02 por ação. 

Os pagamentos são geralmente creditados nas contas dos investidores no primeiro dia útil de janeiro, abril, junho e outubro.

Em suma, ações que pagam dividendos mensais, ao mesmo tempo em que exigem que os investidores tenham mais trabalho na forma de pesquisar cada ação para garantir que ela se encaixe em seu portfólio geral, os que escolhem essas ações podem construir uma carteira de investimentos lucrativa.

Leia nossos outros artigos para aprender um pouco mais: