Entenda como a Samsung se deu bem participando do Big Brother Brasil

Destaque na última Prova do Líder do reality, fabricante bombou vendas de smartphone de quase R$ 14 mil

Ações no BBB: pacote de mídia pode custar até 1 milhão de reais

Ações no BBB: pacote de mídia pode custar até 1 milhão de reais (TV Globo/Reprodução)

Os celulares dobráveis da Samsung não são estreantes por aqui: o Z Flip foi lançado em fevereiro de 2020 e o Z Fold2 no último mês de setembro. Só que os aparelhos voltaram a ganhar destaque na quarta-feira, 27, após serem tema da última Prova do Líder no BBB 21 — que garantiu a participante Juliette na semifinal do programa. Mas como foi essa ação do ponto de vista de vendas?

Segundo apuração da EXAME, ainda há unidades do Z Flip à venda em e-commerce e até desconto, como é o caso da Americanas, que oferece o aparelho por 3.998 reais (ou seja, diferença de 55% em relação aos 8.999 reais cobrados no site oficial do fabricante). Só que, de fato, o smartphone consta como indisponível para quem tentar comprar diretamente na loja online da marca.

As empresas do futuro estão aqui. Conheça os melhores investimentos em ESG na EXAME Invest Pro

Por outro lado, o Galaxy Z Fold2 5G continua oferecido normalmente pela Samsung por 12.599 reais, enquanto varejistas como Carrefour e Magazine Luiza anunciam a 13.999 reais. De acordo com fontes consultadas no mercado, o que realmente aconteceu após a campanha no reality show foi o aumento da demanda: em apenas um dia, venderam todo volume estimado para uma semana.

Smartphone dobrável Samsung Galaxy Z Flip Z Flip: celular dobrável foi um dos destaques durante ação da Samsung no BBB

Z Flip: celular dobrável foi um dos destaques durante ação da Samsung no BBB (Samsung/Divulgação)

"Nosso principal objetivo com ações em programas de TV de grande audiência é ampliar, ainda mais, o conhecimento das pessoas sobre nossos lançamentos. E acreditamos que esta parceria tem sido bastante positiva, criando uma conexão direta entre a empresa e públicos com perfis variados. Gerar 'awareness' [familiaridade para o público] e, principalmente, despertar o interesse da audiência", diz Roman Cepeda, vice-presidente de marketing da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

Essa é a terceira participação do fabricante sul-coreano nesta edição do Big Brother Brasil — com duas provas e uma festa para divulga a linha Galaxy S21 e os fones de ouvido Buds Pro. No ano passado, a empresa de tecnologia teve somente uma ação durante o programa da TV Globo, quando divulgou o smartphone Galaxy S20 — aparelho que, naquele momento, era o topo de linha no país.

"Ações desse tipo têm influenciado de maneira bastante favorável as campanhas. Realizamos uma série de reuniões de briefing para definir de forma minuciosa os detalhes das ativações, como a garantia de que nos comunicaríamos de forma assertiva com telespectadores e fãs da marca, que compartilham muitos pontos em comum. É um trabalho que envolve marketing, comunicação e vendas para que o consumidor tenha acesso a todas as informações e facilidade para efetuar a compra", afirma o executivo.

Z Fold2: celular dobrável está à venda desde 2020 no Brasil por R$ 13.999

Z Fold2: celular dobrável está à venda desde 2020 no Brasil por R$ 13.999 (Samsung/Divulgação)

Procurada a Samsung diz não revelar números de vendas e informações de investimento. Mas fontes ligadas ao mercado publicitário indicam que o pacote de mídia — que inclui toda estrutura da ação, seja prova ou festa, e repercussão em diferentes plataformas da emissora, como GShow e Globoplay — pode custar de 600.000 a até 1 milhão de reais, dependendo da complexidade do projeto.

Vale lembrar que, neste ano, a empresa sul-coreana retomou a liderança no mercado de smartphones que, no último trimestre de 2020, havia sido conquistado pela rival Apple. Segundo dados da consultoria Strategy Analytics, foram vendidas 77 milhões de unidades no período entre janeiro e março de 2021, enquanto o fabricante americano teve 57 milhões de aparelhos comercializados.

Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME e saiba mais.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.