Tecnologia

Apple e Xiaomi lideram vendas de smartwatch e fone sem fio

Apple, Xiaomi, Huawei e Samsung lideram o mercado, que foi impulsionado pela pandemia do novo coronavírus

Apple Watch: relógio da Apple é o mais vendido globalmente (Apple/Divulgação)

Apple Watch: relógio da Apple é o mais vendido globalmente (Apple/Divulgação)

Lucas Agrela

Lucas Agrela

Publicado em 3 de dezembro de 2020 às 13h58.

Última atualização em 3 de dezembro de 2020 às 15h37.

O mundo está ficando mais conectado e não é só por causa dos smartphones. O mercado de dispositivos conectados, como fones de ouvido sem fio e relógios inteligentes, cresceu 35,1%  no terceiro trimestre de 2020, em comparação com dados do mesmo período no ano passado. Os números, que são globais, são da consultoria americana IDC, que aponta Apple, Xiaomi, Huawei e Samsung como líderes do segmento.

Em primeiro lugar, a Apple detém 33,1% do mercado devido a um impulso dado pela pandemia do novo coronavírus na popularidade dos AirPods e do Apple Watch. A companhia americana vendeu 41,4 milhões de aparelhos conectados no terceiro trimestre deste ano. A chinesa Xiaomi vendeu 17 milhões de unidades de dispositivos conectados, sendo 12,8 milhões apenas de pulseiras conectadas simples da linha Mi Band. A empresa detém parcela de mercado de 13.6%.

Apesar da tensão do os Estados Unidos, a Huawei ficou em terceiro lugar nesse mercado com 13,7 milhões de produtos conectados vendidos no trimestre, conquistando 11% de parcela de mercado.O principal mercado foi o país onde nasceu a companhia: a China.

A Samsung tem aumentado sua aposta no segmento e ficou em quarto lugar no ranking da IDC, com 8,4 milhões de fones de ouvido e 2,6 milhões de relógios inteligentes vendidos.A sul-coreana tem 9% do mercado global. 

“O crescimento de dois dígitos do mercado de dispositivos conectados indica não apenas uma forte demanda, mas também sugere que muitas pessoas compraram seus primeiros aparelhos de tecnologias vestíveis, tanto em mercados emergentes quanto em mercados desenvolvidos”, afirma, em nota, Ramon llamas, diretor de pesquisa na IDC para as divisões de dispositivos móveis e realidade aumentada e virtual.

Confira, abaixo, a tabela com o crescimento global das companhias no mercado de tecnologias vestíveis no terceiro trimestre de 2020, segundo a IDC.
(Em milhões de unidades vendidas)

EmpresaVendas no 3T20 Parcela de mercado no 3T20Vendas no 3T19 Parcela de mercado no 3T19 Crescimento ano sobre ano
1. Apple41.433.1%29.832.2%38.6%
2. Xiaomi17.013.6%13.414.5%26.4%
3. Huawei13.711.0%7.37.9%87.2%
4. Samsung11.29.0%8.59.2%32.2%
T5. Fitbit3.32.6%3.53.8%-6.2%
T5. BoAt3.32.6%0.80.8%316.9%
Others35.328.2%29.231.5%20.8%
Total125.0100.0%92.5100.0%35.1%
Fonte: IDC Worldwide Quarterly Wearable Device Tracker, Dezembro de 2020
Acompanhe tudo sobre:AppleHuaweiIDCInternet das Coisas - IoTSamsungXiaomi

Mais de Tecnologia

Colher elétrica promete 'temperar' alimento sem utilizar mais sal

Plano do Instagram para engajar usuários pode dar certo?

Novo app permite instalar jogos retrô da Nintendo no iPhone; saiba como

Neuralink, de Elon Musk, fará teste de implante cerebral em novo voluntário

Mais na Exame