Acompanhe:

Como resgatar caderneta de poupança antiga?

Por ser um dos produtos financeiros mais antigos do Brasil, uma das dúvidas mais frequentes é como resgatar caderneta de poupança antiga

 (Getty/Getty Images)

(Getty/Getty Images)

D
Da Redação

1 de dezembro de 2022, 09h54

Economizar dinheiro nem sempre é fácil, especialmente se você está apenas começando no mundo das finanças. Portanto, pode ser útil conhecer o básico antes de começar, como, por exemplo, o uso da caderneta de poupança.

Além disso, por ser um dos produtos financeiros mais antigos do Brasil, uma das dúvidas mais frequentes é como resgatar caderneta de poupança antiga. Mas antes, é preciso saber alguns conceitos fundamentais dessa aplicação.

O que é caderneta de poupança?

Sendo a aplicação mais popular do Brasil, a caderneta de poupança é um tipo básico de produto financeiro que permite depositar dinheiro e geralmente ganhar uma pequena quantia de juros.

Essas contas são isentas de imposto de renda e oferecem grande segurança aos seus titulares, protegidas pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250 mil.

Apesar das taxas de juros mais baixas em relação aos investimentos de renda fixa e variável, as cadernetas de poupança oferecem extraordinária flexibilidade para quem não sabe administrar seu dinheiro visando poupar para objetivos de curto prazo.

Qual o rendimento da caderneta de poupança?

Qualquer banco gerará os mesmos ganhos como resultado da aplicação na caderneta de poupança, sendo assim, não importa quanto dinheiro haja na poupança da Caixa ou do  Itaú, ambas terão o mesmo rendimento.

Contudo, o rendimento da caderneta de poupança pode ser baseado em duas regras de cálculo: 

Depósitos realizados antes de 4 de maio de 2012

O rendimento da caderneta de poupança antiga é de 0,5% ao mês + TR, conhecido como taxa referencial. Em outras palavras, a caderneta de poupança antiga oferece um rendimento mínimo de 6% ao ano.

A taxa referencial trata-se de um indicador utilizado pelo governo brasileiro para auxiliar no controle da inflação e ajustar as políticas econômicas, interferindo em algumas aplicações, como o Tesouro Direto, a caderneta de poupança, o financiamento imobiliário e o FGTS.

É calculada pelo Banco Central do Brasil com base nos Certificados de Depósito Bancários (CDBs) mensais das 30 maiores instituições financeiras do Brasil. Abaixo podemos ver a tabela de TR para 2022, onde é calculado o valor de cada mês do ano.

Mês de referência TR no mês Acumulada 12 meses Acumulada 2022
janeiro 0,06% 0,11% 0,06%
fevereiro 0,00% 0,11% 0,06%
março 0,10% 0,21% 0,16%
abril 0,06% 0,26% 0,21%
maio 0,17% 0,43% 0,38%
junho 0,15% 0,58% 0,53%
julho 0,16% 0,74% 0,69%
agosto 0,24% 0,98% 0,94%
setembro 0,18% 1,17% 1,12%
outubro 0,15% 1,32% 1,27%

Fonte: Brasil Indicadores

Depósitos realizados após maio de 2012

Em 4 de maio de 2012, entrou em vigor no governo Dilma Rousseff, a Lei n.º 12.703, que prevê alterações nos rendimentos da poupança, visando diminuir os rendimentos e evitar que os títulos públicos sejam menos atrativos que as cadernetas de poupança.

Sendo assim, desde 2012, o rendimento da poupança possui duas fórmulas de cálculo, dependendo do patamar em que estiver a taxa básica de juros da economia, mais conhecida como taxa Selic. Desse modo: 

  • Quando a taxa Selic está acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 0,5% ao mês + TR (mesma regra presente na caderneta de poupança antiga);
  • Quando a taxa Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança será de 70% da Selic + TR.

Abaixo podemos observar a tabela com a definição, pelo Comitê de Política Monetária (COPOM), da Taxa Selic em 2022.  

Data da divulgação % Selic
02/02/2022 10,75% ao ano
16/03/2022 11,75% ao ano
04/05/2022 12,75% ao ano
15/06/2022 13,25% ao ano
03/08/2022 13,75% ao ano
21/09/2022 13,75% ao ano
26/10/2022 13,75% ao ano

Fonte: Brasil Indicadores

Sendo assim, se pegarmos a taxa Selic de outubro deste 2022, a mesma esteve em 13,75% ao ano. Como resultado, o rendimento da poupança foi de 0,5% ao mês + Taxa Referencial, ou seja, a rentabilidade mensal foi de 0,65%.

Ou seja, a cada R$ 100 mil aplicados na poupança no mês de outubro de 2022, o rendimento, ao final do mês, seria de R$650,00. 

Entendendo o aniversário da poupança

Ao contrário do que muitos imaginam, a caderneta de poupança, apesar de possuir liquidez diária, não oferece rendimento diário. A remuneração ocorre no aniversário da poupança, onde cada depósito possui um aniversário exatamente igual ao dia em que ele foi realizado.

Desse modo, ​​quando um depósito é realizado no dia 5 de agosto e outro 15 de setembro, o primeiro lhe renderá juros no próximo dia 05, enquanto o segundo no próximo dia 15. No entanto, se o titular da conta poupança resgatar a aplicação antes ou vários dias depois do seu aniversário, corre o risco de não receber a totalidade dos seus rendimentos.

A caderneta de poupança exige valor mínimo para depósito?

Em 2012, após a mudança na forma de rendimento, a principal polêmica sobre a caderneta de poupança era referente ao valor mínimo do investimento. Na época, alguns bancos exigiam que seus clientes realizassem um depósito mínimo para abrirem suas contas.

Em meio a toda a discussão que deflagrou em 2012, diversos órgãos de defesa do consumidor argumentaram que a fixação de um valor mínimo para abertura de conta poupança era uma cobrança abusiva.

Desde então, além de oferecer investimentos de baixo risco, liquidez instantânea e isenção de imposto de renda, a maioria das instituições financeiras deixou de definir um valor mínimo de depósito para abrir uma conta poupança.

Como resgatar caderneta de poupança antiga?

Muitos brasileiros podem ter dinheiro esquecido na poupança, até mesmo em contas inativas. Nesse caso, o Banco Central do Brasil (BC) criou um sistema com o objetivo de auxiliar esse e outros tipos de “dinheiro esquecido”, por meio do “Valores a Receber”. 

Por meio dessa nova plataforma, a consulta da existência desses recursos poderia ser realizada e, caso tivesse esse direito, seria possível fazer o saque da caderneta de poupança antiga

Apesar disso, o sistema está fora do ar desde o mês de abril, após a greve dos servidores do órgão. Mas assim que a plataforma disponibilizar novas consultas, será possível verificar se de fato há dinheiro para resgatar na caderneta de poupança antiga e realizar efetivamente o saque.

Como consultar o saldo na caderneta de poupança?

Com as facilidades do mundo digital, os clientes podem consultar o saldo da caderneta de poupança em tempo real através do aplicativo do banco. Seguindo este passo a passo:

1º passo: entrar na conta pelo computador ou celular. Em seguida, clique no botão Acessar sua conta. Será necessário informar a sua agência, o número da conta e a senha;

2º passo: na página inicial, o cliente irá encontrar informativo sobre o seu saldo disponível e próximo a ele, a opção de ver extrato;

3º passo:  ao acessar o extrato, aparecerá uma barra com várias opções de consulta: poupança, conta corrente, cartão de crédito, serviços, agendamentos, entre outras. Basta clicar em poupança e conferir o saldo, entradas e saídas.

Em suma, apesar de estar na vida do brasileiro desde o Império, a caderneta de poupança pode ser substituída por investimentos mais atrativos, que ofereçam maior rentabilidade ao longo do tempo.

Acompanhe outros conteúdos do Guia de Investimentos da Exame Invest:

Quais são as ações mais baratas da bolsa?
O que é a taxa Selic?
O que é a bolsa de valores? E a B3?