Brasil

Pesquisa para presidente: Lula tem 37%, e Bolsonaro, 36%, no estado do Rio de Janeiro

Pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA entrevistou 1.000 pessoas do estado do Rio de Janeiro entre os dias 10 e 15 de junho

Bolsonaro e Lula: os dois aparecem empatados no Rio de Janeiro. (Miguel Schincariol/Evaristo Sá/Getty Images)

Bolsonaro e Lula: os dois aparecem empatados no Rio de Janeiro. (Miguel Schincariol/Evaristo Sá/Getty Images)

GG

Gilson Garrett Jr

Publicado em 16 de junho de 2022 às 00h05.

Assim como em São Paulo, a disputa presidencial no estado do Rio de Janeiro promete ser apertada. Na pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA divulgada nesta quinta-feira, 16, em um retrato feito entre o eleitorado fluminense, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 37% das intenções de voto, e o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 36%, em uma pergunta estimulada de primeiro turno, com os nomes apresentados de antemão.

Considerando a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão empatados. Ciro Gomes, do PDT, tem 10%. Já Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) pontuam 2% cada. Brancos e nulos somam 5%, e 7% não sabem. A pesquisa não simulou cenário de segundo turno nacional no Rio de Janeiro.

Para a pesquisa, foram ouvidas 1.000 pessoas do estado do Rio de Janeiro entre os dias 10 e 15 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-07646/2022. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Veja o relatório completo.

(Arte/Exame)

Cila Schulman, vice-presidente do instituto de pesquisa IDEIA, lembra da importância do estado para o cenário nacional, além de ser o local onde o presidente Bolsonaro tem sua base eleitoral.

“A região Sudeste concentra os maiores colégios eleitorais do país e foi fundamental para a vitória de Bolsonaro em 2018. No Rio, na última eleição, em 2018, o presidente venceu o PT em todas as 92 cidades do estado, em todas as zonas eleitorais da capital e levou o segundo turno com 68% dos votos. Agora, ele aparece, dentro da margem de erro, empatado com Lula”, diz Cila Schulman, vice-presidente do instituto de pesquisa IDEIA.

VEJA TAMBÉM: EXAME/IDEIA: aprovação do governo vai de 26% para 34% em um ano

Em uma pergunta aberta, sem apresentar qualquer nome aos entrevistados, Lula tem 30%, Bolsonaro, 27%, e Ciro aparece com 6%. Os que dizem votar em branco ou nulo somam 8%, e os que não sabem são 26%.

(Arte/Exame)

Na pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA nacional, divulgada no dia 19 de maio (com registro no TSE - BR-01734/2022), Lula está com 41%, e Bolsonaro aparece com 24%, em uma simulação de primeiro turno. Em uma simulação de segundo turno, o petista tem 46% das intenções de voto, e o presidente está com 39%. A distância entre os dois é de 7 pontos percentuais, a menor em um ano.

Governo do Rio: Castro e Freixo empatados

A disputa pelo governo do Rio de Janeiro mostra um cenário acirrado, com empate entre dois pré-candidatos. De acordo com a pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA, o governador Cláudio Castro (PL) tem 24% das intenções de voto, e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) tem 23%.

Os números são de uma pergunta estimulada. Considerando a margem de erro da sondagem, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, há um empate técnico entre Castro e Freixo.

Atrás dos dois vem o ex-prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), com 10%, e Rodrigo Neves (PDT), com 8%. A dupla também está dentro da margem de erro da pesquisa e, portanto, é considerada empatada. Entre os entrevistados, 8% dizem que votariam branco ou nulo, e 17% não sabem.

Para os números do governo estadual, foi ouvida a mesma amostragem. A pesquisa, porém, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número RJ-02458/2022.

VEJA TAMBÉM

Acompanhe tudo sobre:EleiçõesEXAME/IDEIAJair BolsonaroLuiz Inácio Lula da SilvaPolíticaRio de Janeiro

Mais de Brasil

Servidores do INSS entram em greve por tempo indeterminado

Jogo do Tigrinho deverá ter previsão de ganho ao apostador para ser autorizado; entenda as regras

Após águas baixarem, fóssil achado com 'preservação quase completa', é um dos mais antigos do mundo

Três aeroportos brasileiros estão entre os mais pontuais do mundo; veja ranking

Mais na Exame