Pop

Gênio da matemática soluciona problema complexo em tempo recorde

Equipe de pesquisadores com PhD passou quatro meses tentando solucionar problema que o jovem adulto "God Wei" resolveu em horas

"God Wei": gênio matemático é conhecido como "rústico" e alguém que gosta de viver uma vida simples (Yahoo/Reprodução)

"God Wei": gênio matemático é conhecido como "rústico" e alguém que gosta de viver uma vida simples (Yahoo/Reprodução)

LP

Laura Pancini

Publicado em 13 de maio de 2022 às 16h14.

O chinês Wei Dongyi conseguiu resolver um problema matemático, que atormentou pesquisadores por quatro meses, em somente uma noite.

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mundo. Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês.

Considerado um gênio da matemática, o professor-assistente da Universidade de Peking, em Pequim, que é conhecido como "God Wei", ajudou a equipe a criar um modelo matemático complexo e com 96% de precisão.

A versão anterior do modelo, desenvolvida por pesquisadores com PhD, tinha uma precisão inferior e, consequentemente, gerava mais resultados errados.

Os matemáticos queriam pagar o professor para mostrar sua gratidão, mas ele se recusou.

"É desnecessário me pagar por um problema tão fácil", disse. Wei acabou aceitando um cartão de transporte como compensação.

"Não é raro ou surpreendente para nós que Wei possa resolver quebra-cabeças que outras pessoas não podem", disse Chen Dayue, reitor da Escola de Ciências Matemáticas da Universidade de Pequim, à imprensa chinesa.

LEIA TAMBÉM: Casa dos aliens? "Porta" vista em foto de Marte intriga usuários

De acordo com o site Yahoo, Wei não precisou passar no vestibular para entrar na faculdade. Por já ser conhecido como um gênio da matemática -- o jovem venceu a Olimpíada Internacional de Matemática por dois anos consecutivos quando ainda era estudante do ensino médio --, entrou direto.

O gênio chinês chegou a ser convidado para ser estudante de Harvard, nos Estados Unidos. A universidade até ofereceu um intérprete para ajudá-lo com o inglês, mas Wei não aceitou a proposta por conta da barreira linguística.

Um dos ex-colegas de Wei disse: “Ele estudou bem e ganhou bolsas de mais de 100.000 yuans (US$ 15.655) por ano. Mas ele ainda vive uma vida simples, sendo rústico tanto na roupa quanto na comida.”

LEIA TAMBÉM:

De dentro de bunker, apresentador ucraniano comenta festival Eurovision

Sexta-feira 13: entenda por que a data é associada ao azar

Fotos de Britney Spears nas redes sociais dividem fãs da cantora

Casa dos aliens? "Porta" vista em foto de Marte intriga usuários

Alergia à água: jovem não consegue tomar banho, beber água ou chorar

Acompanhe tudo sobre:ChinaHistóriaMatemáticaMatemáticosPequim

Mais de Pop

The Weekend anuncia show em São Paulo; veja data e como comprar ingressos

Emmy 2024: veja a lista de séries e artistas indicados ao vivo

'Os Outros': 2ª temporada de série de suspense ganha data de estreia; saiba mais

Núcleo da Terra está desacelerando e pode girar ao contrário; entenda como isso afeta o planeta

Mais na Exame