Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Alexandre de Moraes nega o andamento dos pedidos para que Rodrigo Maia apreciasse os pedidos de impeachment de Temer

Moraes alivia

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, negou nesta quarta-feira andamento dos mandados de segurança apresentados por deputados da oposição e pela OAB que pediam que Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, apreciasse os pedidos de impeachment do presidente Michel Temer. O peemedebista indicou no início do ano o nome de Moraes para a vaga de Teori Zavascki no Supremo. Os deputados Alessandro Molon (Rede-RJ), Aliel Machado (Rede-PR), Henrique Fontana (PT-RS) e Júlio Delgado (PSB-MG) protocolaram o pedido em junho, alegando omissão de Maia no caso. A OAB fez novo pedido na semana passada, apontando desvio de finalidade no engavetamento dos 25 pedidos contra Temer.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Lava-Jato nas ruas

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira a 45ª fase da Operação Lava-Jato, chamada Abate II. O principal alvo foi Tiago Cedraz, filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU). O mandado foi de busca e apreensão e foram bloqueados 6 milhões de reais de Cedraz. Investigadores identificaram a participação de novos interlocutores na Petrobras para favorecer a contratação de empresa privada que serviria para pagar propina a agentes públicos em off-shores no exterior. A primeira fase da Abate prendeu o ex-deputado Cândido Vaccarezza no dia 18 de agosto. O ex-parlamentar foi solto ontem, mediante pagamento de fiança.

_

Gilmar abre a porta

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a mais três pessoas ligadas a esquema de corrupção no setor de transportes comandado pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral (PMDB). O ex-presidente do Departamento Estadual de Transporte Rodoviário Rogério Onofre, sua mulher, Dayse Debora, e David Augusto Sampaio estavam presos preventivamente pela Operação Ponto Final, um desdobramento da Lava-Jato no Rio, que investiga repasses de 260 milhões de reais entre 2010 e 2016 a políticos e fiscais por vantagens indevidas. Gilmar estendeu o habeas corpus que havia concedido ao empresário Jacob Barata Filho. Ao todo, nove investigados da Ponto Final foram beneficiados por decisões semelhantes do ministro.

_

Naufrágio no Pará

Um barco com 70 pessoas a bordo naufragou no Rio Xingu na madrugada de quarta-feira. O acidente ocorreu entre as cidades de Porto de Moz e Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará. São 25 sobreviventes, dez corpos resgatados e 40 desaparecidos. O barco Comandante Ribeiro partiu do município de Santarém e tinha escalas nos municípios de Monte Alegre e Prainha. O destino final era Vitória do Xingu.

Inflação em queda

A prévia do dado de inflação do mês de agosto, o IPCA-15, subiu 0,35%. O resultado ficou abaixo do esperado pelo consenso do mercado, que previa aumento de 0,40%. O medidor havia apresentado deflação de 0,18% em julho. Nos 12 meses encerrados em agosto, o índice acumula elevação de 2,68%, arrefecendo 2,78% no período finalizado em julho. O índice surpreendeu o mercado e reforçou a percepção dos analistas de que o processo de redução da inflação está em prosseguimento. Isso abriria espaço para o Banco Central cortar os juros novamente em 1 ponto porcentual na reunião de setembro do Copom, aumentando a chance de uma Selic, a taxa básica da economia, mais próxima a 7% no final do ano. Os mais animados já falam até em 6%.

21 bilhões de reais

O comércio eletrônico faturou cerca de 21 bilhões de reais no primeiro semestre deste ano, segundo dados da companhia especializada em e-commerce Ebit. O montante é 7,5% maior do que o registrado nos primeiros seis meses do ano passado. O número de pedidos aumentou 3,9%, chegando a 50,3 milhões de encomendas digitais no período. O tíquete médio das vendas também subiu: uma elevação de 3,5%, para 418 reais. Apesar do crescimento na primeira metade de 2017, a Ebit espera um segundo semestre ainda melhor, com aumento de 12% a 15% nas vendas.

PPI aprova Eletrobras

O conselho do Programa de Parceira de Investimentos aprovou a proposta do governo de privatização da estatal Eletrobras nesta quarta-feira. A proposta segue para aprovação do presidente Michel Temer. Agora começam os estudos para definições gerais sobre as regras de venda da Eletrobras. Segundo o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, a ideia é realizar a emissão primária de novas ações para diluir a participação do governo, sendo que a União não compraria novos papéis. Após altas de quase 50% no pregão de terça-feira, as ações da companhia fecharam em queda de 11,79% nos papéis ordinários e 8,87% nos preferenciais, num forte movimento de realização de lucros. Foram as maiores perdas do dia no Ibovespa.

Acelera Cubo

A aceleradora de startups Cubo, do Banco Itaú em parceria com o fundo de capital de risco Redpoint eVentures, vai mudar de endereço e aumentar quatro vezes seu tamanho a partir do ano que vem. Hoje, a Cubo conta com 52 startups, ocupando um prédio de cinco andares na Vila Olímpia, em São Paulo. O plano é mudar para um espaço de 20.000 metros quadrados, com capacidade para 210 empresas, na mesma região. O maior relacionamento com startups é um movimento das grandes empresas: na semana passada, o banco Bradesco havia anunciado que lançaria também um espaço para reunir e desenvolver startups.

Ex-procuradora-geral:  Maduro recebeu propina da Odebrecht

A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega afirmou que tem informações suficientes para provar que o governo do presidente Nicolás Maduro esteve envolvido em casos de corrupção com a construtora Odebrecht. A afirmação foi feita nesta quarta-feira durante um encontro no Itamaraty com outros procuradores do Mercosul. Luisa está no Brasil desde terça-feira. Segundo a ex-procuradora, o dinheiro que deveria ir para alimentação e saúde está sendo desviado e termina nos bolsos de quem está no poder. Ela ainda afirmou que foi ameaçada algumas vezes por ter informações e detalhes de todas as operações realizadas pelo governo venezuelano.

Barcelona: polícia belga investigou um autor

A polícia da Bélgica afirmou que investigou um dos autores do atentado no ano passado. Abdelbaki Es Satty, líder do grupo que realizou os ataques em Barcelona, na Espanha, morou em Vilvoorde, uma cidade da Bélgica, e apresentava comportamento estranho. Segundo as autoridades belgas, a polícia chegou a consultar as autoridades espanholas, que disseram que o jovem não tinha vínculos com o terrorismo. Além disso, os investigadores do atentado revelaram que os autores compraram facas e um machado 3 horas e meia antes do segundo ataque. As investigações continuam focadas nas possíveis conexões dentro e fora da Espanha.

Brexit: UE poderá opinar no país

O governo britânico assumiu levar em conta a opinião da União Europeia em decisões após o Brexit. Segundo o governo britânico, a Corte de Justiça da União Europeia poderia ter um papel indireto no sistema judiciário do Reino Unido, sob uma nova forma de arbitragem. De acordo com o governo em Londres, a permissão jurídica seria uma consequência dos acordos comerciais que serão firmados entre a União Europeia e o Reino Unido. Porém, alguns opositores criticaram a hipótese, alegando que não admitiriam que juízes estrangeiros dessem suas opiniões no território britânico. O processo de saída do Reino Unido da União Europeia teve início no ano passado e tem previsão de ser finalizado em 2019.

Samsung apresenta novo Galaxy Note

A Samsung anunciou na manhã desta quarta-feira, em Nova York, a nova versão do seu aparelho Galaxy Note. Depois do desastre de relações públicas do Note 7, cujos defeitos na bateria causaram explosões e combustões espontâneas em dezenas de aparelhos e provocaram prejuízo bilionário, a empresa sul-coreana apresentou a aguardada atualização do sucessor, naturalmente batizado de Note 8. Segundo a Samsung, o problema técnico das baterias, grande causador das explosões do celular já foi resolvido. As novas células de íon-lítio dos smartphones Samsung foram submetidas a um novo sistema de controle de qualidade, e a companhia garante que, desta vez, não há risco de um novo fiasco como o do ano passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.