Vídeo: Soldado russo mostra dedo do meio a drone antes de tanque explodir

O tanque russo foi deixado em chamas pelo ataque, enquanto as forças ucranianas continuam a defender o leste do país
Militares russos na cidade portuária de Mariupol, na Ucrânia (Olga MALTSEVA/AFP)
Militares russos na cidade portuária de Mariupol, na Ucrânia (Olga MALTSEVA/AFP)
D
Da redação, com agênciasPublicado em 31/05/2022 às 10:11.

O momento em que um soldado da Rússia mostra o dedo do meio a um drone da Ucrânia pouco antes de lançar uma granada no tanque ao lado dele foi captado em vídeo.

O tanque, um BTR-82A APC russo, estava escondido ao lado de um prédio, mas foi deixado em chamas pelo ataque, enquanto as forças ucranianas continuam defendendo o leste do país.

Nas imagens, divulgadas por militares ucranianos e postadas no Twitter, é possível ver seis soldados russos ao redor do veículo, e um deles aponta o dedo médio na direção do drone. O drone então ataca o tanque com uma granada, fazendo-o explodir em chamas.

As tropas russas controlam uma parte da cidade ucraniana de Severodonetsk, um importante enclave no Donbass, anunciaram as autoridades regionais, poucas horas depois que a União Europeia aprovou um embargo ao petróleo de Moscou.

De acordo com a agência de notícias AFP, esta cidade industrial é um dos focos dos combates na região de Lugansk, no Donbass, uma área de mineração no leste da Ucrânia, onde Moscou concentra sua ofensiva depois de não ter conseguido conquistar Kiev.

O conflito já deixou pelo menos 4.031 civis mortos e 4.735 feridos, segundo a ONU, além de um número desconhecido de combatentes mortos e feridos. A guerra na Ucrânia também forçou mais de 14 milhões de pessoas a fugir de suas casas desde que a Rússia invadiu o país em 24 de fevereiro deste ano.

LEIA TAMBÉM