Marketing
Acompanhe:

A Fiat ganhou uma publicidade de graça com o papa

O papa também deu uma certa publicidade para algo que, a princípio, ninguém esperava: o carro que fez o seu deslocamento por Washington, Nova York e Filadélfia.

Papa Francisco se desloca com um Fiat 500 L nos Estados Unidos (Kevin Lamarque/Reuters)

Papa Francisco se desloca com um Fiat 500 L nos Estados Unidos (Kevin Lamarque/Reuters)

D
Diogo Max

27 de setembro de 2015, 17h46

São Paulo – Nos Estados Unidos, o papa Francisco trouxe atenção para temas importantes da política mundial, como a indústria das armas e a pena de morte.

Ele também reiterou seus posicionamentos humanitários e lembrou dos mais pobres e do meio ambiente, como podemos ver nos trechos pinçados dos seus discursos por EXAME.com.

No entanto, o papa também deu uma certa publicidade para algo que, a princípio, ninguém esperava: o carro que fez o seu deslocamento por Washington, Nova York e Filadélfia.

Nos Estados Unidos, a Fiat está recebendo mais ligações de clientes interessados em comprar o 500L, de acordo com uma notícia publicada pelo site da Bloomberg.

O modelo, segundo o site, estava com as vendas em baixa por lá.

Até agosto deste ano, as vendas do Fiat 500 L caíram 19%, em comparação com 2014, uma queda maior que a média dos outros modelos da marca nos Estados Unidos.

Um gerente da Fiat ouvido pela Bloomberg contou que, nos telefonemas, os clientes estão surpresos em relação ao espaço do carro.

O papa Francisco tem um histórico de escolher meios de transportes modestos. Em Roma, ele usa um Ford Focus e, quando era cardeal em Buenos Aires, na Argentina, preferia se deslocar de metrô.