Sabesp tem queda de 45,5% lucro líquido, para R$ 422,4 mi

Aumento nos custos e despesas e prejuízo no resultado financeiro impactaram companhia
 (Sabesp/Divulgação)
(Sabesp/Divulgação)
Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Publicado em 11/08/2022 às 21:41.

Última atualização em 11/08/2022 às 21:49.

A Sabesp (SBSP3), Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, reportou lucro líquido de R$ 422,4 milhões no segundo trimestre – queda de 45,4% frente aos R$ 773,1 milhões registrado no mesmo período do ano passado.

A receita operacional líquida, que considera a receita de construção além do saneamento, foi de R$ 5,2 bilhões no trimestre, alta de 14,6% na comparação anual. No campo de saneamento, o resultado considera reajustes tarifários médio de 7% em maio de 2021 e de 12,8% em maio de 2022, além do avanço de 1,8% no volume faturado.

Já o Ebitda ajustado, principal indicador de caixa operacional da companhia, avançou 3,9%, para R$ 1,51 bilhão em relação aos R$ 1,45 milhões atingidos no segundo trimestre do ano passado.

A margem Ebitda ajustada foi de 28,7% no trimestre, frente a 31,6% no mesmo período do ano passado.

No campo negativo, os custos e despesas, somaram R$ 4,35 milhões, uma alta de 17,8% na comparação anual. 

No entanto, o impacto para o lucro veio, principalmente, do resultado financeiro, que recuou de R$ 248,8 milhões, no ano passado para prejuízo de R$ 324,4 milhões neste ano. O valor foi impactado principalmente pela alta de juros, que subiu de 2% o segundo trimestre de 2021 para 11,75% na mesma janela deste ano.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia