Esporte

Mbappé faz apelo para que jovens votem nas eleições da França: 'extremistas estão a tomar o poder'

Jogadores da seleção francesa vêm se manifestando sobre a situação política do país após vitória da extrema direita nas eleições do Parlamento Europeu

 (Christian Liewig/Getty Images)

(Christian Liewig/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 16 de junho de 2024 às 17h52.

O astro francês Mbappé criticou a ascensão da extrema-direita na França e fez um apelo para que os eleitores do país, especialmente os jovens, votem nas eleições, marcadas para os dias 30 de junho e 7 de julho. O atacante e capitão da equipe se posicionou durante a entrevista coletiva deste domingo (16), que tratava da estreia da seleção na Eurocopa, na segunda-feira (17).

— Quero falar ao povo de França. Os extremistas estão a tomar o poder. Apelo a todos os jovens para que votem e compreendam os nossos valores de tolerância — disse Mbappé.

O atacante se une a outros membros da seleção que nos últimos dias se manifestaram no mesmo sentido. No meio da semana, seu companheiro Ousmane Dembélé admitiu que a situação política no país “acionou o alarme” e disse que ele e seus companheiros pretendem votar nas próximas eleições legislativas, remotamente, já que estão em meio à disputa da Eurocopa 2024 na Alemanha.

Há uma semana, o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou a dissolução do Parlamento e a convocação de novas eleições legislativas após a vitória da extrema direita local, liderada pelo Reagrupamento Nacional , partido de Marine Le Pen, na votação que escolheu a nova formação do Parlamento Europeu.

– Estamos num momento crucial na história do país. Você tem que saber resolver as coisas e ver suas prioridades. Somos cidadãos acima de tudo, não devemos estar desligados do mundo. Estamos numa situação sem precedentes – afirmou Mbappé. – Espero que minha voz seja transmitida o máximo possível. Precisamos nos identificar com valores de tolerância, respeito, diversidade. Cada voz conta”,

O atacante, recentemente anunciado pleo Real Madrid, ainda fez referências à fala de outro companheiro, Thuram, que citou especificamente o Reagrupamento Nacional (RN) e disse ser "contra os extremos e contra as ideias que dividem”.

– Espero que façamos a escolha certa e tenhamos orgulho de vestir esta camisa novamente no dia 7 de julho. Compartilhamos os mesmos valores de Marcus (Thuram). Estou com ele. Para mim, ele não foi muito longe. Estamos num país onde há liberdade de expressão. Ele deu a sua opinião e eu estou do lado dele – disse o camisa 10 da França.

O francês Ousmane Dembélé admitiu nesta quinta-feira que a situação política no país “acionou o alarme” e disse que ele e seus companheiros pretendem votar nas próximas eleições legislativas, mesmo que ainda estejam envolvidos na disputa da
Eurocopa 2024 na Alemanha.

"Precisamos nos mobilizar para sair e votar", disse Dembélé aos repórteres na base de treinamento da seleção francesa, no oeste da Alemanha, onde se prepara para o jogo de abertura do Campeonato Europeu contra a Áustria, na segunda-feira. "Acho que a situação na França fez soar o alarme. Todos precisam se unir e votar."

Eleições na França

O presidente Emmanuel Macron convocou eleições para a Assembleia Nacional da Câmara dos Deputados, com o primeiro turno marcado para 30 de junho e o segundo turno para 7 de julho. Ele anunciou a votação antecipada no domingo passado em resposta aos resultados das eleições da UE, nas quais os partidos de extrema-direita — incluindo o Rally Nacional (RN) com maior pontuação — conseguiram obter quase 40% dos votos na França.

A seleção francesa ainda estará na Alemanha no momento das eleições, desde que avance à segunda fase. O primeiro turno das eleições acontecerá no mesmo fim de semana das oitavas de final do Euro 2024, enquanto o segundo turno acontecerá logo após as quartas de final.

Acompanhe tudo sobre:FrançaEleiçõesFutebol

Mais de Esporte

Entenda por que Jogos Olímpicos representam oportunidades de negócios para os atletas

Juventude x Internacional: onde assistir e horário do jogo pela Copa do Brasil

Bahia x Cuiabá: onde assistir e horário do jogo pelo Brasileirão

Cruzeiro x RB Bragantino: onde assistir e horário do jogo pelo Brasileirão

Mais na Exame