Revolução do Churrasco: como preparar espetinhos perfeitos

Fomos ao Kotori, em São Paulo, a casa do chef Thiago Bañares, do Tan Tan, especializada em espetinhos. Mas não em qualquer espetinho
 (Exame/Foto)
(Exame/Foto)
Por Matheus DoliveiraPublicado em 14/04/2022 19:00 | Última atualização em 14/04/2022 13:56Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Depois de mostrar como um varal pode mudar o seu churrasco, o novo episódio da série Revolução do Churrasco se debruça sobre uma paixão nacional: os espetinhos.

Mas não se trata de qualquer espetinho. Se o que veio à sua mente foram aqueles vendidos na entrada de shows ou na porta de estádios de futebol, é melhor você mudar de ideia.

No Kotori, restaurante comandado pelo chef Thiago Bañares, que também está à frente do Tan Tan, um dos 50 melhores bares do mundo, os espetinhos são levados muitíssimo a sério, provando que a iguaria popular também tem um lugar importante dentro da gastronomia.

"A ideia de abrir o Kotori veio da minha vontade de explorar a cozinha asiática em diversas vertentes. Uni duas paixões: a carne de frango grelhada e o espetinho. Queremos trazer a visão do japonês sobre um produto tão informal que no Brasil já está estabelecido", diz Bañares ao repórter Daniel Salles. 

Quer receber os conteúdos mais quentes da semana? Preencha seu cadastro aqui e saiba tudo com a newsletter da EXAME Casual.

No restaurante de Bañares, os diferenciais dos espetinhos ficam nos detalhes de como eles são feitos, seguindo a técnica oriental de preparo. Segundo o chef, os erros mais comuns no preparo de espetinhos em casa se dá na disposição da proteína no espetinho, no volume de carvão utilizado e na distância entre a carne e a brasa. Assista: