Um conteúdo Bússola

L’Oréal e Odara formam 120 mulheres em projeto gerador de renda na Bahia

Companhia destina R$ 7 milhões para 23 projetos de profissionalização, empreendedorismo e educação de mulheres em situação de vulnerabilidade
Fundo da companhia impacta 5 mil mulheres no Brasil (Georgijevic/Getty Images)
Fundo da companhia impacta 5 mil mulheres no Brasil (Georgijevic/Getty Images)
B
Bússola

Publicado em 02/08/2022 às 13:25.

Última atualização em 02/08/2022 às 14:03.

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, a L’Oréal Brasil e o Instituto da Mulher Negra, Odara, anunciam a capacitação de 120 mulheres no projeto Minha Mãe Não Dorme Enquanto Eu Não Chegar, em Salvador, uma das cidades brasileiras com maior representatividade da população negra. O projeto recebeu mulheres em cursos de culinária ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e tem como principal objetivo desenvolver profissionais visando o ingresso no mercado de trabalho e geração de renda.

O Odara teve seu primeiro módulo educacional iniciado em abril de 2022, em Salvador, com uma estimativa de 120 mulheres formadas nas especializações disponíveis, como confeitaria básica, bolos e tortas, doces e salgados e culinária brasileira.

“O curso profissionalizante é de extrema importância para fortalecermos as mulheres que acompanhamos no projeto. Estamos concluindo a primeira fase de uma formação muito potente, onde as mulheres puderam aprender com muita qualidade o curso de culinária e neste momento o coração emana alegria e gratidão. Que venham novos ciclos, novas formações e novos cursos”, declara Hildete Emanuele, coordenadora do projeto Minha Mãe Não Dorme Enquanto Eu Não Chegar.

A L’Oréal Brasil mantém no país uma série de iniciativas por meio do seu compromisso de sustentabilidade, o L'Oréal Para o Futuro. Como parte do compromisso, o grupo realiza um investimento global de € 50 milhões para projetos destinados ao empoderamento feminino e ao apoio a mulheres em situação de vulnerabilidade social.

No Brasil, a companhia destina R$ 7 milhões para um portfólio de 23 projetos de profissionalização, empreendedorismo e educação em território nacional que apoiam mulheres de comunidades vulneráveis e mulheres indígenas, grupos sociais fortemente afetados pela crise do coronavírus. O principal objetivo da Companhia é utilizar o seu negócio para contribuir na garantia de independência financeira e empoderamento por meio de acesso ao mercado de trabalho e melhores condições de vida, potencializando protagonismo em suas famílias e comunidades.

A aplicação do fundo no Brasil impacta diretamente quase 5 mil mulheres indígenas e de comunidades nos 23 projetos distribuídos em todo território nacional. Os projetos são realizados em parceria com ONGs e Instituições de forte atuação no território, reforçando a responsabilidade corporativa da Companhia de atuar com impacto positivo social, e tem foco em grupos minoritários que correspondem aos grandes desafios de diversidade e inclusão. Nos projetos em execução atualmente, mais de 70% das participantes se autodeclaram pretas e pardas e 100% são consideradas mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

“Como empresa número 1 de beleza no mundo, temos um compromisso de contribuir para a nossa sociedade visando enfrentar os principais desafios que são encontrados atualmente. O mês de julho, como um todo, é um momento importante para fomentarmos o debate acerca do empoderamento de mulheres negras, latino-americanas e caribenhas, dentro e fora da instituição. A responsabilidade social corporativa, com verdadeiro impacto, está no coração da companhia que utiliza da influência de seu negócio para transformações em nossa sociedade”, afirma Helen Pedroso, diretora-executiva de Responsabilidade Corporativa e Direitos Humanos da L’Oréal Brasil.”

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Mondelez Brasil aposta em mapear fornecedores fortalecendo diversidade

Confira mais de 6 mil vagas de emprego em todo o Brasil

Lide Futuro cria evento para CEOs focado em diversidade e inclusão