Como esta startup quer reinventar o mercado pet

Com software de gestão, mentorias, clube de compras, marketing e revitalização, a S2 Pets aumenta o tráfego de consumidores nas lojas
Rodrigo Real, CTO e Leo Zysman, CEO da S2 Pets (Divulgação/Divulgação)
Rodrigo Real, CTO e Leo Zysman, CEO da S2 Pets (Divulgação/Divulgação)
Por BússolaPublicado em 21/04/2022 16:05 | Última atualização em 21/04/2022 14:13Tempo de Leitura: 4 min de leitura

O faturamento do mercado pet registrou alta de 27% em 2021, alcançando R$ 51,7 bilhões, segundo o Instituto Pet Brasil (IPB). O alto crescimento trouxe aos tutores de pets o desafio de encontrar os melhores pet shops e clínicas veterinárias, enquanto os pequenos e médios empreendedores, mais de 80% do mercado pet (dados do IPB), precisaram se reinventar para competir com as grandes redes. Assim, surge a S2 Pets, retailtech que usa tecnologia para auxiliar pequenos pet shops independentes a ganhar competitividade.

Criada por Leo Zysman, com 16 anos de atuação em startups e empresas disruptivas, a retailtech nasceu da junção do trabalho do empreendedor com tecnologia e o carinho dele por pets. Pai dos vira latas caramelo Xuxa e Senna, e do gatinho Pablo, Leo enxergou, em 2019, oportunidades inexploradas que o mercado pet oferecia.

“A maior parte do mercado não está no ambiente digital. Apesar de em alta, com crescimento de 48% em 2021, comparado a 2020, o e-commerce representa apenas 5,4% das aquisições de produtos pet. A maior fatia do mercado está nos pet shops independentes”, afirma Leo.

Em um formato de parceria, a S2 Pets auxilia pet shops locais a ganhar competitividade, com treinamento para se adequar às melhores práticas do mercado, marketing, clube de compras, revitalização de fachadas e acesso ao mais avançado software de gestão, o MeuPet, criado por Rodrigo Real, fundador e CTO da S2 Pets, que também conecta clínicas veterinárias e lojas a tutores.

Para os tutores de pets, a empresa facilita o acesso aos pet shops locais, verificados e padronizados para atender os pets com amor, carinho e cuidado, além do acesso ao aplicativo MeuPet, disponível para Android e iOS, que permite gerenciar gratuitamente todos os cuidados com os pets.

O aplicativo permite criar uma ficha médica de animais de mais de dez espécies, com todas as informações: nome, idade, peso, pedigree, pelagem, chip e temperamento, gerenciar e cadastrar alertas para acompanhar a rotina individual dos pets. O controle evita que o tutor esqueça de alguma necessidade e facilita o agendamento de consultas. Além do prontuário digital, ao precisar de algum cuidado como banho, tosa ou consultas ao veterinário, é possível buscar por meio de geolocalização clínicas e pet shops locais, parceiras ou não da S2 Pets.

A fusão e visão estratégica do time conquistou, em pouco tempo, uma rodada de R$2MM liderada pelo Fundo Anjo, do Bndes, gerido pela DOMO Invest, com participações da Bruin Angels, FEA Angels, Hangar 8 e outros investidores. O valor foi usado para atrair talentos e expandir o número de lojas, que resultou no crescimento acelerado da startup em 2021. Atualmente, a S2 Pets tem 40 lojas parceiras e o aplicativo MeuPet é o mais baixado da categoria, com 300 mil downloads.

As vantagens da parceria com a S2 Pets vão desde as melhorias no espaço físico  até o sistema de gestão financeira e contato com os clientes. Além disso, com o auxílio em marketing e clube de compras, a retailtech consegue aumentar o tráfego de consumidores e reduzir custos operacionais das lojas, sem deixá-las perder o diferencial do atendimento humanizado e essência de lojas de bairro.

A monetização da S2 Pets vem da parcerias com as lojas, a startup é remunerada com um percentual do faturamento total. Os novos clientes da S2 Pets vem de indicações de parceiros e de uma busca da empresa por lojas que tenham o perfil. No início da pandemia, quando o setor pet foi classificado como essencial e o distanciamento social possibilitou que as famílias dessem mais atenção aos pets, a compra de brinquedos, petiscos e produtos de higiene disparou, e a S2 Pets fechou a parceria com a primeira loja. A parceria atraiu, ainda nos primeiros meses, outras 16 lojas.

Segundo Leo, as vantagens atraem muitos empreendedores locais interessados, mas todos passam por uma curadoria antes de se tornarem parceiros. “Analisamos cuidadosamente o potencial dos pet shops interessados em se tornar parceiros. O nosso modelo é de ganha-ganha-ganha, a parceria precisa ser vantajosa para os donos de lojas e clínicas veterinárias, tutores e também para a S2 Pets”, diz Zysman.

A expectativa da S2 Pets para 2022 é finalizar o ano com cinco milhões de usuários no aplicativo, mais de cem lojas parceiras e crescimento acima de dez vezes. Para isso, afirma Leo Zysman, a empresa deve realizar parcerias, investir em personalização, análise de dados e inovação. Recentemente, a S2 Pets recebeu um novo aporte da DOMO Invest e teve a chegada de um novo parceiro institucional, a Caravela Capital.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Cobasi oferece descontos para ajudar você a ter o seu pet

Transações Visa no segmento pet crescem mais de 70% nos últimos dois anos

Live — Como micro e pequenos negócios podem prosperar no empreendedorismo