Um conteúdo Bússola

Bússola Líderes: sócias da Youpix explicam sucesso da creator economy

Em entrevista à Bússola, Bia Granja e Rafa Lotto falam sobre o mercado que não para de crescer no Brasil e no mundo
Youpix Summit começa amanhã em São Paulo, com formato híbrido (PeopleImages/Getty Images)
Youpix Summit começa amanhã em São Paulo, com formato híbrido (PeopleImages/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 12/09/2022 às 22:50.

“Um mercado que movimenta milhões fora do Brasil e cresceu mais de 26% no ano passado. São mais de 18 mil empresas pelo mundo que oferecem ou se especializaram em serviços de marketing de influenciadores ou creator economy. No Brasil, temos mais de 9 milhões de influenciadores, só no Instagram. Esses dados somados mostram o poder dessa frente da economia, da comunicação e do marketing para vários mercados.”

Foi com essa frase que iniciou a entrevista de Rafa Lotto, sócia e head de planejamento da Youpix, e Bia Granja, cofundadora e CCO da Youpix, ao Bússola Líderes, o canal de entrevistas em vídeo com grandes lideranças empresariais do Brasil, conduzido por Pollyana Miranda.

Durante a conversa, as empresárias falaram sobre o mercado da creator economy e como ele vem crescendo no Brasil e no mundo. A Youpix, resumida por Rafa como "uma bússola", é uma consultoria que tem como objetivo auxiliar marcas e criadores de conteúdo, traduzindo a visão holística que eles têm do mercado, a encontrar a melhor maneira de navegar por ele, explorando outros modelos e formatos de ganhar dinheiro.

A dupla ainda adiantou que o Youpix Summit 2022, evento que consolida as informações quentes da creator economy e que acontece amanhã, 13 de setembro, contará com atividades, plataformas se posicionando sobre o mercado brasileiro, pesquisas exclusivas, além de conversas com criadores de conteúdo referências em seus segmentos.

Bia ressaltou a crescente do mercado de influência nos últimos dois anos. Isso porque, durante a pandemia, o digital se tornou mais forte e se apresentou como uma possibilidade para muitos que se viram com dificuldades. No Brasil, esse mercado só tende a crescer ainda mais, e a cofundadora acredita que a causa disso é como esse universo oferece uma oportunidade para aqueles que antes não tinham nenhuma.

Rafa também aproveitou para esclarecer uma das maiores dúvidas: a diferença entre influenciador e criador de conteúdo. “A influência é inerente a ter seguidores e a criar conteúdo porque ela pode ser um lugar de autoridade ou de influência por um espaço que você ocupa, pela carreira que você construiu e etc. O criador, ele cria conteúdo, e a influência pode ser uma consequência. Você pode criar conteúdo e não influenciar ninguém porque você pode criar para um assunto específico, sem ter a intenção de ser influenciador. E o influenciador não é só a pessoa que colocou na bio digital influencer. A influência é a consequência. O melhor caminho para influenciar, pensando nas possibilidades que você tem, pode ser a criação de conteúdo porque você vai construindo a sua identidade, que influencia as pessoas a tomarem decisões. Mas uma coisa não depende da outra.”

Bia ainda fez questão de completar: “O creator é mais sobre construção de comunidade, autoridade, essa relação mais forte. E o influenciador está em um lugar muito de audiência ou de emitir informação, mas não necessariamente de gerar essas conexões".

A dupla aproveitou para convidar todos para acompanhar o Youpix Summit 2022, amanhã de forma presencial em São Paulo, mas com a possibilidade de acompanhar online, de forma gratuita, de qualquer lugar do mundo.

O evento contará com mais de 50 painéis e 110 palestrantes, incluindo grandes marcas como Magalu, Itaú, Ambev, além de diversos creators. Em formato híbrido, o Youpix Summit contará com dois palcos principais: Keynote Stage, liderado pela Bia, falando sobre tendência e futuro, e o How to Stage, mais prático, liderado pela Rafa, com foco em cases.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Bússola Trends: redes sociais estão cada vez menos sociais

Autoridade vs seguidores: por que um não tem nada a ver com o outro

Conheça as 5 profissões mais procuradas em comunicação e marketing