Um conteúdo Bússola

Conheça as 5 profissões mais procuradas em comunicação e marketing

Levantamento da Revelo destaca as profissões que estão em ascensão no segmento
Ranking mostra as mais procuradas em cada área de especialização (Getty/Getty Images)
Ranking mostra as mais procuradas em cada área de especialização (Getty/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 10/08/2022 às 10:45.

Por Bússola

Com a revolução digital causada pela pandemia da covid-19 a busca por profissionais de tecnologia cresceu, e especialistas nessa área se tornaram protagonistas do “novo normal”. Segundo a Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), até 2025, serão criados no Brasil ao menos 797 mil postos de trabalho nessa área.

Com a alta dessas profissões, a Revelo, empresa de tecnologia de recrutamento, seleção e colocação de talentos em tecnologia, elaborou um ranking sobre os cargos mais buscados nas áreas de comunicação e marketing na plataforma.

Desenvolvedor

A primeira profissão da lista é o desenvolvedor. Com atuação estratégica na empresa, o profissional é capaz de desenvolver e modificar sistemas, além de processar informações categorizando, codificando e tabulando os dados necessários. Nas áreas de comunicação e marketing, os profissionais que possuem especialidade em e-commerce são os mais procurados.

UX Designer

Com o papel de desenvolver e executar ações que tragam uma melhor experiência e relacionamento ao usuário, este profissional tem a missão de testar a usabilidade e interação comunicativa dos canais digitais ligados às ideias de design. Para este setor, o profissional pode se destacar com as ferramentas Illustrator, Photoshop e InDesign. Além de obter conhecimento nas linguagens visuais de Material Design e Flat Design para a prototipação. Para quem quer se especializar ainda mais na área, as empresas desta área buscam especialistas em Axure, Invision, Marvel, MidNode, OmniGraffle, Sketch, Fluid e LucidChart para criação de Wireframes.

UI Designer

Na terceira posição, o ranking aponta o UI Designer, ou designer de interface do usuário. Ele é o responsável por projetar a aparência e a interatividade das interfaces de um produto digital, levando em conta a usabilidade do ponto de vista do usuário. Para isso, é importante que este profissional tenha amplos conhecimentos com ferramentas de design como Illustrator, Photoshop e Sketch. Além da parte gráfica, existe a organização das informações que podem ser adquiridas com o uso de Balsamiq e Adobe XD. Hoje, a remuneração de um UI Designer varia entre R$ 2.500 e R$ 4.000, dependendo da base de conhecimento e experiência.

Gerente de produto

Também conhecido como product manager, o gerente de produto tem como principal função identificar a necessidade do cliente e como seu negócio poderá atender o cliente. Como o papel de líder e guardião de um recurso ou produto oferecido pela empresa, este profissional tem a responsabilidade de reunir três áreas: UX, tecnologia e negócios. O salário pode variar conforme o conhecimento e experiência e é em média R$ 10.000.

Product owner

Na tradução livre, product owner (também conhecido como PO) significa dono do produto. Este profissional tem como missão representar os interesses dos públicos, definir as funcionalidades do produto e realizar a gestão do backlog (registro ou histórico de requisições) por meio de métodos ágeis, como por exemplo, o Scrum, Lean, Smart e Kamban. Além de boa comunicação e capacidade de negociação, este cargo exige comprometimento e visão macro do negócio. De acordo com a Glassdoor, o salário médio de Product Owner é de R$ 8.201.

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Confira mais de 6 mil vagas de emprego em todo o Brasil

Investir em seus pontos fortes pode ser o caminho para a felicidade

Tecnologia ainda é desafio para mercado de cripto no Brasil, dizem especialistas