Brasil

Governo publica no 'DOU' exoneração de Cappelli e outras mudanças no Ministério da Justiça

A cerimônia de posse de Lewandowski no cargo de ministro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva está marcada para as 11 horas desta quinta

Justiça: Dentre as mudanças formalizadas, o documento oficial publica a exoneração de Ricardo Cappelli do cargo de secretário executivo do ministério (Geraldo Magela/Agência Senado)

Justiça: Dentre as mudanças formalizadas, o documento oficial publica a exoneração de Ricardo Cappelli do cargo de secretário executivo do ministério (Geraldo Magela/Agência Senado)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 1 de fevereiro de 2024 às 09h41.

Com a nomeação do novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, o Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 1, já traz algumas mudanças em cargos da pasta. Lewandowski foi nomeado semana passada para o lugar de Flávio Dino, que deixa o comando do ministério para assumir uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) no fim do mês. A cerimônia de posse de Lewandowski no cargo de ministro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva está marcada para as 11 horas desta quinta, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Dentre as mudanças formalizadas, o documento oficial publica a exoneração de Ricardo Cappelli do cargo de secretário executivo do ministério. Para o seu lugar, foi nomeado Manoel Carlos de Almeida Neto. Cappelli agora será o novo presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), comandado pelo vice-presidente Geraldo Alckmin. O anúncio foi feito por Alckmin nesta quarta (31).

Também já foram exonerados do Ministério da Justiça titulares de várias áreas, como as secretarias nacionais de Políticas Penais, de Segurança e de Justiça, e a chefia de gabinete. A chefe de gabinete de Lewandowski será Ana Maria Alvarenga Mamede Neves. Os nomes dos novos secretários não vieram nesta edição do Diário Oficial.

Acompanhe tudo sobre:Ministério da Justiça e Segurança PúblicaGoverno

Mais de Brasil

SP deve ficar ao menos 6ºC mais quente até 2050, com eventos extremos do clima no estado

Greve INSS: Justiça determina que ao menos 15% das equipes sigam trabalhando nas agências

Sistema de informação do governo federal que está sob suspeita de ataque hacker segue fora do ar

Mais na Exame