Tecnologia

TikTok testa chatbot chamado Tako para responder a perguntas dos usuários

O TikTok está explorando a inteligência artificial generativa com o lançamento de um chatbot chamado Tako, que pode conversar e responder a perguntas dos usuários

TikTok desenvolve chatbot Tako para interagir e responder a perguntas dos usuários (Kati Szilagyi/BLOOMBERG BUSINESSWEEK)

TikTok desenvolve chatbot Tako para interagir e responder a perguntas dos usuários (Kati Szilagyi/BLOOMBERG BUSINESSWEEK)

Bloomberg
Bloomberg

Agência de notícias

Publicado em 25 de maio de 2023 às 15h39.

Última atualização em 25 de maio de 2023 às 15h48.

O TikTok é o mais recente grande aplicativo a entrar na onda da inteligência artificial generativa.

A plataforma de rede social está testando um chatbot chamado Tako, que pode responder a perguntas e conversar com os usuários do aplicativo, de acordo com capturas de tela vistas pela Bloomberg. Quando perguntado sobre o recurso, um representante do TikTok disse que a empresa estava testando “novas maneiras de potencializar a pesquisa e a descoberta no TikTok” em um grupo seleto de mercados.

“Estamos sempre explorando novas tecnologias que agregam valor à nossa comunidade”, disse o porta-voz. “Queremos aprender com nossa comunidade enquanto continuamos a criar um ambiente seguro que diverte, inspira criatividade e incentiva a cultura.”

IA do TikTok

O TikTok segue pares de tecnologia como Snap, Microsoft e Google no desenvolvimento de chatbots e outras ferramentas de IA generativas — a tecnologia mais badalada na internet nos últimos anos. O teste do Tako está atualmente disponível para um pequeno número de funcionários, de acordo com Daniel Buchuk, analista da Watchful, empresa que rastreia testes de desenvolvimento de aplicativos para concorrentes.

O TikTok, controlado pela chinesa ByteDance, está avançando no campo da IA em um momento polêmico. Autoridades nos EUA e Europa tentam restringir o aplicativo, temendo que os dados possam ser usados pelo governo chinês. Este mês, Montana se tornou o primeiro estado americano a aprovar uma medida que proíbe o TikTok em uma legislação que enfrenta desafios legais.

Recomendação de conteúdo personalizada

Buchuk disse à Bloomberg que o Tako pode fornecer recomendações de conteúdo com base nos interesses e preferências dos usuários.

“O Tako é um chatbot experimental”, diz uma das capturas de tela compartilhadas com a Bloomberg. “Ele pode responder a perguntas e conversar com você.”

Apesar de ter uma equipe interna de IA, todas as informações que os usuários colocam no Tako são coletadas e compartilhadas com “provedores de serviços terceirizados não identificados para fornecer respostas às suas perguntas”, de acordo com os termos de privacidade do recurso. O Tako está disponível apenas para usuários do TikTok com mais de 18 anos, acrescentou Buchuk.

Os usuários podem optar por excluir seus dados, mas são avisados para não compartilhar nenhuma informação pessoal com o chatbot. Eles também são aconselhados a não confiar apenas no bot para aconselhamento médico, jurídico ou financeiro porque “o feedback de Tako é gerado por IA e pode não ser verdadeiro ou preciso”.

No geral, o Tako permitirá que “o TikTok obtenha dados cada vez mais precisos para fornecer conteúdo personalizado e altamente direcionado a usuários individuais”, disse Buchuk, acrescentando que tem “o potencial de revolucionar a forma como as pessoas usam o TikTok”.

Acompanhe tudo sobre:ChatGPTInteligência artificialTikTok

Mais de Tecnologia

Uber apresenta instabilidade no app nesta sexta-feira

Zuckerberg diz que reação de Trump após ser baleado foi uma das cenas mais incríveis que já viu

Companhias aéreas retomam operações após apagão cibernético

O que faz a CrowdStrike, empresa por trás do apagão cibernético

Mais na Exame