Tecnologia
Acompanhe:

iPad Air atualizado terá processador M1, igual ao do iMac, e 5G

O novo tablet chega no mercado americano em 18 de março

 (Apple/Reprodução)

(Apple/Reprodução)

A
André Lopes

8 de março de 2022, 16h39

A Apple anunciou nesta terça-feira, em seu evento de março "Peek performance”, uma atualização para o iPad Air um ano e meio depois de dar ao tablet um redesign no estilo iPad Pro. O destaque do anúncio vai para a inclusão do poderoso processador M1, o mesmo encontrado nos IMacs do ano passado.

Com o novo chip, o dispositivo ganha capacidades de computador de mesa e, segundo a Apple, poderá ser incluído nas opções de profissionais que precisam de renderização gráfica de alta velocidade.

O novo tablet também suporta 5G e ganha uma porta USB-C até duas vezes mais rápida com 10 Gbps de velocidade de transferência de dados.

A Apple diz que o processador M1 do iPad Air, que também foi incluído em seu mais recente iPad Pro, possui uma CPU de oito núcleos que é até 60% mais rápida que o processador A14 Bionic encontrado no modelo da última geração. Ele possui uma GPU de oito núcleos com duas vezes o poder gráfico de seu antecessor.

Disponibilidade

O iPad Air chega no mercado americano em 18 de março, pelo preço de US$ 599 (R$ 6.799 em pré-venda no Brasil) para o modelo apenas com Wi-Fi, subindo para US$ 749 para a versão Wi-Fi e rede móvel.

No armazenamento, terá as opções de 64 GB ou 256 GB de armazenamento e as cores incluem cinza, rosa, roxo, azul, prateada e dourada.

Veja mais novidades do evento da Apple: