Apple apresenta iPhone roxo, Macs coloridos e iPads com chips M1

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a apresentação dos novos produtos foi feita por vídeo. Gadgets ainda não têm previsão para chegar ao Brasil

Em evento realizado nesta terça-feira, 20, a Apple apresentou novas versões do iPad, agora com chips M1, iMacs reformulados e coloridos, e até um iPhone roxo. Empresa também reformulou alguns serviços, como o Apple Card e o Apple Podcasts, além de finalmente lançar as AirTags.

Novos iPads

A principal novidade ficou para o final do evento. Os novos iPads ganharam chips M1, o mesmo padrão utilizado nos MacBooks. Com isso, iPad Pro passa a ser 50% mais potente do que seu modelo antecessor. Segundo a Apple não se trata de um "chip do tipo M1 para o iPad", mas o "iPad com um chip M1".

São dois novos modelos, e não três como alguns rumores apontavam. A Apple não lançou um iPad Mini. Em vez disso, apenas apresentou novas versões do iPad Pro. Um com 11 polegadas e custando a partir de 799 dólares e outro com tela de 12,9 polegadas e que sai por 1.099 dólares (100 dólares a mais do que a versão anterior e com o mesmo tamanho).

Novos iPads ganham chips M1 e saem a partir de 799 dólares

Novos iPads ganham chips M1 e saem a partir de 799 dólares (Apple/Divulgação)

Entre as novidades dos gadgets, destaque para as telas. Os displays contam com resolução de até 6K com tecnologia XDR. A iluminação é feita por 10.000 mini LEDs espalhados por 2.500 pontos diferentes. Já as câmeras permanecem na mesma posição e ganham um sensor de 12 MP Ultra Wide com 120 graus. Ainda em relação ao hardware, vale mencionar que os aparelhos ganham uma versão com até 2 TB de espaço de armazenamento.

iPads ganharam integração com controles do PlayStation 5

iPads ganharam integração com controles do PlayStation 5 (Apple/Divulgação)

O espaço de sobra deve ajudar a Apple a ganhar mais consumidores que utilizam os tablets para jogos. Neste ponto, aliás, a companhia agora permite a integração dos iPads com controles de videogames como PlayStation 5 e Xbox.  Em relação aos acessórios, vale mencionar que a Apple Pencil continua sem grandes novidades, mas o Scribble agora permite identificar mais idiomas (o português está incluso). Já o teclado para o iPad ganhou uma nova cor: branco.

iMac reformulado e colorido

Além dos iPads, a Apple aproveitou o evento desta terça-feira para trazer novidades em relação aos seus computadores. Uma nova geração de Macs foi lançada e conta com novas cores e design mais fino – feito especialmente para comportar os novos chips M1. O aparelho agora tem tela de 24 polegadas com resolução 4,5K – você não leu errado – e é até 50% mais silencioso do que o modelo antecessor.

São duas novas versões e que se diferenciam pela GPU, pela oferta mais abrangente de cores e pela quantidade maior de entradas USB-C, além do teclado com o sensor Touch ID. A versão mais barata, sem tudo isso, sai a partir de 1.299 dólares. Já a versão mais parruda custa 1.499 dólares.

Novos computadores da Apple são coloridos, mais silenciosos e com design mais arrojado

Novos computadores da Apple são coloridos, mais silenciosos e com design mais arrojado (Apple/Divulgação)

Segundo a Apple, os novos Macs são até duas vezes mais rápidos do que outros Macs – que não foram especificados pela companhia no anúncio. A fabricante apenas complementou afirmando que a nova geração de computadores é também 50% mais veloz o que o iMac de 21,5 polegadas – algo que não é tão impressionante.

O que agrada é a adição de uma câmera frontal de 1080p, o que vai deixar as chamadas de vídeo muito mais nítidas. Neste ponto, aliás, a Apple também reforçou o aparelho como um novo microfone e seis alto-falantes que suportam áudio Dolby Atmos. O Zoom, aplicativo de chamadas de vídeo e que pode ser considerado um rival para o FaceTime, foi inclusive mencionado durante a apresentação de

Em relação à conectividade, os computadores ganham até quatro portas USB-C, sendo duas delas no padrão Thunderbolt. Há ainda um tijolo para auxiliar no carregamento (e que conta até com uma entrada para cabos de internet).

Apelidado de "tijolinho", acessório será necessário para dar ligar os novos Macs

Apelidado de "tijolinho", acessório será necessário para dar ligar os novos Macs (Apple/Divulgação)

A Apple também fez uma manobra para vender mais acessórios. O Touch ID não está presente nos novos iMacs. Agora ele fica disponível somente como uma tecla nos teclados.

Touch ID está presente somente nos teclados dos novos iMacs

Touch ID está presente somente nos teclados dos novos iMacs (Apple/Divulgação)

Apple card

Voltando para a ordem cronológica do lançamento: o primeiro anúncio foi focado em uma atualização do serviço Apple Card, o cartão de crédito da Apple. A companhia está lançando o Apple Card Family, que vai permitir que qualquer membro familiar com mais de 18 anos possa utilizar o cartão. A empresa também diz estar mudando as regras de crédito para facilitar que mais pessoas consigam limite. Estaria a Apple virando uma empresa do setor financeiro?

Apple card

 (Apple/Divulgação)

Apple Podcasts

Seguindo seu plano de se tornar cada vez mais uma empresa focada em serviços, a Apple reformulou o aplicativo Podcasts com um novo design e lançou um serviço de assinatura que dará direito ao acesso de podcasts exclusivos, além de permitir ouvir o conteúdo sem intervalos comerciais.

AirTags

A Apple também aproveitou para lançar as AirTags, que serão integradas ao sistema FindMy, disponível no iPhone. São pequenas bolachinhas do tamanho de uma moeda que podem ser utilizadas em chaveiros ou outros objetos. Será possível personalizá-las de várias maneiras, inclusive com o desenho de emojis.

airtags AirTags chegam ao mercado americano custando a partir de 29 dólares cada

AirTags chegam ao mercado americano custando a partir de 29 dólares cada (Apple/Divulgação)

As AirTags são focadas para encontrar objetos e não pessoas. Por isso há recursos que impedem que o acessório seja utilizado para rastrear a localização de algum usuário. As AirTags chegam ao mercado americano no dia 30 de abril por 29 dólares cada ou em um pacote com quatro unidades por 99 dólares.

iPhone roxo

Há ainda uma novidade para o iPhone. O iPhone 12 vai ganhar uma nova cor, inspirada na estação de primavera. O design ganha tons de roxo, como é possível observar na imagem abaixo:

iPhone-roxo iPhone 12 ganhou uma nova cor: roxo

iPhone 12 ganhou uma nova cor: roxo (Apple/Divulgação)

Apple TV

O dispositivo que se conecta com televisores vai ganhar uma nova versão 4K com chip A12 Bionic, suporte para HDR e, o mais importante, um novo controle remoto e que finalmente, tem botões físicos em vez do touchpad bastante criticado. O dispositivo vai custar a partir de 179 dólares para a versão com 32 GB e 199 dólares para configuração com 64 GB.

Novo controle remoto do Apple TV finalmente ganhou botões físicos

Novo controle remoto do Apple TV finalmente ganhou botões físicos (Apple/Divulgação)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.