Will Smith é banido do Oscar e todos os eventos da Academia por 10 anos

A decisão foi tomada pelos diretores da instituição após o ator dar um tapa no comediante Chris Rock durante a cerimonia de premiação
 (Getty Images/Arturo Holmes)
(Getty Images/Arturo Holmes)
Por André MartinsPublicado em 08/04/2022 16:13 | Última atualização em 08/04/2022 16:59Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organização responsável pelo Oscar, informou nesta sexta-feira, 8, que Will Smith foi banido do Oscar e de todos os eventos da Academia de Hollywood por 10 anos.

A decisão foi tomada pelos diretores da instituição após o ator dar um tapa no comediante Chris Rock durante a cerimonia de premiação. A reunião estava marcada inicialmente para o dia 18 de abril, mas a Academia adiantou para hoje a reunião para definir possíveis soluções para o ator vencedor do prêmio de melhor ator.

Em carta divulgada sobre a decisão, o presidente da Academia, David Rubin. disse que o comportamento de Will Smith ofuscou a premiação e foi "inaceitável" e "prejudicial". Esta ação que estamos tomando hoje em resposta ao comportamento de Will Smith é um passo em direção a um objetivo maior de proteger a segurança de nossos artistas e convidados e restaurar a confiança na Academia. Também esperamos que isso possa iniciar um tempo de cura e restauração para todos os envolvidos e impactados", finalizou. 

O processo disciplinar contra Will Smith foi aberto no dia 30 de março. O ator teria 15 dias para se defender por escrito antes de qualquer definição.

Will Smith renunciou como membro da Academia no dia 1º de abril, e disse que iria aceitar as consequências impostas pela Academia que forem apropriadas.

Por conta da renúncia de Smith, a academia não precisou seguir o cronograma legalmente orientado para considerar o assunto, afirmou o presidente David Rubin em uma carta aos membros. "É do melhor interesse de todos os envolvidos que isso seja conduzido no momento mais oportuno", disse Rubin.

Por que Will Smith bateu em Chris Rock

Will Smith reagiu a uma piada de Chris Rock sobre sua mulher, a atriz Jada Pinkett Smith, em tratamento contra uma doença autoimune chamada alopecia, que gera calvície. No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem G.I. Jane, interpretada pela atriz Demi Moree no filme Até o limite da honra (1997). No longa, a personagem tem o cabelo raspado porque faz parte da Marinha.

"Deixe o nome da minha mulher fora da p**** da sua boca", gritou o ator, após dar o tapa na cara de Chris Rock e voltar para a plateia. Na sequência, Jada e Denzel Washington conversaram com Will Smith e o acalmaram. Ambos trocaram palavras sobre o ocorrido enquanto Jada se ajoelhava, em tom de desespero, diante do marido.

Will Smith dá tapa em Chris Rock no Oscar 2022

Will Smith dá tapa em Chris Rock no Oscar 2022 (Robyn Beck/AFP)

"Eu sei que em nossa profissão temos de ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas nos desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzel Washington me disse, e eu adorei ouvir isso, que "nos meus melhores momentos, preciso ter cuidado, pois é aí que o diabo vem", contou Will Smith, chorando, após a confusão. "Quero ser um caminho para o amor."

Segundo a revista americana Variety, o departamento de polícia de Los Angeles confirmou que Chris Rock não quis registrar um boletim de ocorrência contra Will Smith.

Will Smith e Jada Pinkett se pronunciam sobre tapa em Chris Rock

O pronunciamento do casal vem depois da intensa repercussão que o assunto teve após o evento. Jada compartilhou uma frase em formato de foto com uma mensagem um tanto quanto misteriosa. Sem legenda, a frase fazia menção sobre um processo de cura. "Está é a estação da cura. E eu estou aqui para isso."

Na noite desta segunda-feira, em um post no Instagram, Will pediu desculpas ao comediante e à Academia, afirmando que "violência em todas as formas é destrutiva".

Confira a mensagem de Will na íntegra:

"Violência em todas as suas formas envenena e destrói. Meu comportamento na cerimônia do Oscar de ontem foi inaceitável e indesculpável. Brincadeiras às minhas custas fazem parte do meu trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada foi demais para mim e reagi emocionalmente.

Gostaria de me desculpar com você, Chris. Eu passei do limite e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não fazem parte do homem que quero ser. Não há lugar para a violência em um mundo de amor e gentileza.

Também gostaria de me desculpar com a Academia, os produtores do show, todos os presentes e todo o público que assistiu à cerimônia ao redor do mundo. Eu também gostaria de me desculpar com a família Williams e a minha família do King Richard. Eu me arrependo profundamente que meu comportamento tenha manchado o que foi uma linda jornada para todos nós.

Sou um "trabalho em construção".

Atenciosamente,

Will"