O que é alopecia; entenda por que Jada Smith está com o cabelo raspado

Condição da esposa de Will Smith virou motivo de briga nos Oscars deste domingo, 27, após fala do apresentador Chris Rock
 (Emma McIntyre/Getty Images for WarnerMedia/Getty Images)
(Emma McIntyre/Getty Images for WarnerMedia/Getty Images)
L
Laura PanciniPublicado em 28/03/2022 às 09:56.

Neste último domingo, 27, a noite dos Oscars deu o que falar após o ator Will Smith dar um tapa no comediante Chris Rock, que estava apresentando a premiação.

O motivo do tapa foi uma frase envolvendo a esposa de Smith e seu cabelo raspado. No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem G.I. Jane, do filme "Até o limite da honra" de 1997, que tem o cabelo no mesmo estilo porque faz parte da Marinha.

Porém, a atriz Jada Smith raspa o cabelo por conta de uma condição conhecida como alopecia, doença inflamatória que provoca a queda dos fios, e a fala de Rock deixou o marido de Jada irritado.

No fim de 2021, Jada Smith compartilhou um vídeo em seu Instagram contando que tinha o diagnóstico de alopecia. Em tom de brincadeira, Smith fala sobre esconder as falhas que apareceram por conta da doença: "Vou colocar umas joias e transformar em uma coroa".

“Cheguei ao ponto em que só posso rir. Vocês sabem que eu tenho lidado com a alopecia e, do nada, apareceu essa falha aqui. Ela veio do nada e vai ser mais difícil de esconder. Então achei melhor mostrar para todos, para não surgirem dúvidas”, disse a atriz.

O que é alopecia, condição de Jada Smith?

A alopecia é a queda de cabelo que pode acontecer de forma transitória ou definitiva, devido à inflamações locais, doenças autoimunes ou genética.

A condição geneticamente determinada é conhecida como alopecia androgenética e pode afetar tanto homem quanto mulheres, deixando os fios de cabelo mais finos.

No caso de Jada Smith, a atriz enfrenta a alopecia areata, causada por uma doença autoimune. O próprio sistema do corpo ataca os folículos capilares, provocando a queda de fios na região central da cabeça e possivelmente em todo o corpo, dependendo do caso.

Não há cura para alopecia, mas existem tratamentos. Ao reparar os primeiros sinais de queda capilar, procure um dermatologista especializado em tricologia.

Quais são os maiores desafios da ciência? Descubra ao assinar a EXAME: menos de R$ 11/mês.