Pop

O aeroporto que não perde nenhuma bagagem há 30 anos

Equipe não segue exatamente protocolos especiais, mas sim um modo de operar específico, explica porta-voz

Publicado em 3 de maio de 2024 às 08h23.

Quem já viajou de avião sabe que uma das partes mais estressantes da viagem diz respeito aos cuidados com as malas. Além de levá-las, há o risco de extravio, o qual muitas vezes se concretiza. Mas nem todo lugar sabe o que isso significa. Por exemplo: o aeroporto internacional de Kansai, na cidade de Osaka, no Japão, não perdeu uma bagagem desde que abriu, há quase trinta anos.

De acordo com o que afirmou o porta-voz Kenji Takanishi à Newsweek, não há segredo para a forma como o aeroporto opera. Segundo ele, a equipe que cuida das malas não é exatamente especial. No entanto, o local conta com um sistema que garante que cada bagagem chegue ao destino.

Funciona assim: times de somente duas ou três pessoas cuidam de cada mala. Um manual é utilizado para especificar como carregar e descarregar os objetos. Dessa forma, se o número de bagagens que sai de um voo é diferente do número que foi embarcado, a equipe rapidamente examina os entornos e o lugar onde as malas são guardadas.

A meta do aeroporto é a de que a mala vá do avião à esteira dentro de quinze minutos a partir do pouso, de acordo com Takanishi. Ainda segundo o porta-voz, aproximadamente 11 milhões de bagagens passam pelo aeroporto anualmente.

Com informações da Newsweek.

Acompanhe tudo sobre:AeroportosViagens

Mais de Pop

Bob Newhart, comediante de 'The Big Bang Theory', morre aos 94 anos

Dia Internacional de Nelson Mandela: 7 curiosidades sobre a trajetória do líder sul-africano

Dez anos longe da TV, Manoel Carlos, o criador da 'dona Helena', quer voltar com projeto inédito

'Senna': minissérie sobre o melhor piloto do Brasil ganha data de estreia; veja

Mais na Exame