Invest

Chuvas no Rio Grande do Sul: companhias aéreas remarcam voos sem multas e taxas; veja quais

Algumas empresas também oferecem a opção de cancelar a passagem e manter o valor como crédito

Chuvas no Rio Grande do Sul: temporal provocou graves estragos à infraestrutura de diversos municípios (Daniel Garrido/Getty Images)

Chuvas no Rio Grande do Sul: temporal provocou graves estragos à infraestrutura de diversos municípios (Daniel Garrido/Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 3 de maio de 2024 às 13h52.

Última atualização em 3 de maio de 2024 às 15h55.

Tudo sobreRio Grande do Sul
Saiba mais

As chuvas que atingiram o estado do Rio Grande do Sul nos últimos dias provocaram muitas mortes e deixaram feridos, além de desalojados. O temporal também provocou graves estragos na infraestrutura de diversos municípios gaúchos, trazendo dificuldades para quem precisa se deslocar entre as regiões.

Embora os voos com destino a Porto Alegre tenham sido pouco afetados, as companhias aéreas estão permitindo a remarcação de voos para a capital e outras cidades da região sem cobrança de taxas.

Algumas empresas oferecem alternativas para que seus clientes que estão no Rio Grande do Sul ou aqueles que pretendem ir ao estado, de acordo com as condições de cada munícipio e de seus terminais aéreos. Outras também permitem aos viajantes cancelar a passagem e manter o valor como crédito.

Veja a seguir as companhias aéreas que oferecem o benefício

Azul

Nesta sexta-feira, 3, a Azul informou que os passageiros que tiveram voos afetados devido a condições climáticas agora têm a opção de remarcar seu bilhete para até três dias depois da data original da viagem, de acordo com a disponibilidade. Mas, eles também podem cancelar a passagem e manter o valor como crédito na companhia aérea.

Em um comunicado, a empresa ressaltou também que os casos serão analisados individualmente, por meio dos canais oficiais de atendimento ao Cliente.

Gol

Em nota, a Gol declarou que os clientes podem remarcar seus voos com origem ou destino nos aeroportos do Rio Grande do Sul (Porto Alegre, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santo Ângelo) e em Santa Catarina (aeroporto de Chapecó).

Os passageiros têm a opção de deixar o valor da passagem em crédito com a companhia, sem a necessidade de pagar taxa de cancelamento, e também estão isentos da taxa de remarcação para voos da empresa.

Latam

De acordo com a companhia, as chuvas não causaram alterações em seus voos marcados para partir do Rio Grande do Sul ou com destino ao estado.

Entretanto, devido às fortes chuvas que atingiram as cidades gaúchas, os passageiros da Latam com voos de e para Porto Alegre, Caxias do Sul e Passo Fundo têm a opção de remarcar sua viagem sem multa e sem cobrança de diferença tarifária. Isso pode ser feito no aeroporto ou por meio da central de atendimento pelo número 0300 570 5700, ou ainda pelo site, na seção "Minhas Viagens".

O aeroporto de Porto Alegre está funcionando?

Responsável pelo Aeroporto de Porto Alegre, a Fraport informou que o terminal aéreo continua operando para pousos e decolagens, apesar do temporal que afetou a capital gaúcha. "Estamos trabalhando em conjunto com as autoridades e Defesa Civil para mitigar eventuais impactos causados pelo elevado volume de chuvas na Capital", diz a nota.

A empresa também explicou que alguns voos regionais com destino ao interior do estado foram cancelados, enquanto outros ocorreram conforme programado. A Fraport recomendou aos viajantes que verifiquem regularmente o status de seus voos no site oficial ou diretamente com as companhias aéreas.

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulViagensAeroportosPorto AlegreChuvasMudanças climáticasLatamGol Linhas AéreasAzul

Mais de Invest

Ibovespa está ‘barato demais para ignorar’, diz analista; onde investir?

Quanto rendem R$ 25 milhões na poupança?

O que é herança legítima e como é feita a divisão?

CPI mais fraco nos EUA impulsiona aposta por três cortes de juros ainda neste ano

Mais na Exame