Pravaler, de financiamento estudantil, terá Tinder de empregos

Solução será oferecida de forma gratuita e levará em conta a geolocalização para dar o "match" entre candidatos e vagas
Beto Dantas, COO do Pravaler; Matheus Pessanha, fundador da Jobis, e Rafael Baddini, CPO do Pravaler: empresa terá Tinder de empregos (Divulgação/Cláudio Gatti/ Pravaler)
Beto Dantas, COO do Pravaler; Matheus Pessanha, fundador da Jobis, e Rafael Baddini, CPO do Pravaler: empresa terá Tinder de empregos (Divulgação/Cláudio Gatti/ Pravaler)
Por Mariana DesidérioPublicado em 19/04/2022 12:35 | Última atualização em 19/04/2022 12:35Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A empresa de financiamento estudantil Pravaler vai lançar novo serviço para ajudar os estudantes a encontrar um emprego. A empresa acaba de anunciar a incorporação da tecnologia da Jobis, startup que funciona como um Tinder de empregos. Com isso, a meta é impulsionar a inserção dos alunos clientes da Pravaler no mercado de trabalho e melhorar os índices de empregabilidade das instituições de ensino superior parceiras da Pravaler.

Mercado Livre e GOL firmam acordo para reduzir prazo de entrega em até 80%

Quem é o cardiologista entre os 5 maiores bilionários do país

A solução será oferecida de forma gratuita, a partir de um cadastro, e deve estar disponível no próximo mês. O “match” da plataforma levará em conta a geolocalização, oferecendo oportunidades perto da residência do candidato, dentre outros critérios.

“Com a expertise da Jobis, passamos a colaborar com a trajetória profissional de maneira completa e assertiva, não só em relação a alternativas de pagamento, mas inserindo os profissionais estrategicamente no mercado de trabalho”, disse Rafael Baddini, diretor de produtos da Pravaler e responsável pela nova vertical de empregabilidade da empresa

Criada em 2018, a Jobis atua como ponte entre empregadores e candidatos para pequenas e microempresas na região de São José dos Campos (SP). Por meio da ferramenta, o candidato cria um currículo digital e as empresas usam a inteligência artificial para encontrar um profissional com experiência que esteja mais próximo ao local de trabalho.

O novo serviço reforça a estratégia da Pravaler de expandir as soluções oferecidas no segmento de educação. Focada inicialmente no ensino superior, a Pravaler passou a trabalhar também com cursos de curta duração, um segmento que fatura 20 bilhões de reais por ano.

Outra frente está na ampliação dos serviços oferecidos para o aluno e a instituição de graduação. No ano passado, a Pravaler comprou a startup Amigo Edu, que possui uma ferramenta para provas digitais, como vestibulares, e um marketplace de bolsas de estudos, além do aplicativo Preparaê, de preparatório para Enem e vestibulares.

A Pravaler terminou 2021 com faturamento de 300 milhões de reais, um crescimento cerca de 15% em relação a 2020. A meta da empresa é ter 1 milhão de alunos atendidos até 2025.