Casual

Os 4 melhores restaurantes de Recife, segundo o ranking EXAME Casual 2024

A terceira edição do ranking da Casual EXAME mostra a força da gastronomia nacional. Escolha o seu preferido

Publicado em 5 de junho de 2024 às 05h56.

Dos 100 Melhores Restaurantes do Brasil, eleitos por Casual EXAME em 2024, quatro estão em Recife. A capital pernambucana reúne representantes da boa gastronomia e o que há de melhor da arte culinária. A seleção dos estabelecimentos foi feita por um júri formado por 72 renomados críticos e influenciadores de todo o país (veja a lista no final deste conteúdo).

Cada especialista apontou dez restaurantes de sua preferência, sem ordem de importância. Todos os votos foram compilados e organizados nesta lista. Em caso de empate, a organização foi feita por ordem alfabética. É um guia para você, leitor, conhecer o que há de melhor no país. A lista também reconhece o trabalho de toda a cadeia, dos chefs, aos garçons e empresários.

Aproveite também para conhecer os melhores bares de São Paulo e em Salvador


Taberna Japonesa Quina do Futuro (Recife)

Para entender o sucesso do Quina do Futuro, é preciso voltar ainda mais no tempo para lembrar a família Matsumoto, natural de Sasebo (distrito de Nagasaki, Japão), que decidiu emigrar para o Brasil em busca de oportunidades de trabalho. Por aqui, a família começou lavrando a terra, num cafezal da cidade de Cambará, no Paraná. Depois de ter passado por São Paulo, a família foi para Recife e percebeu no mercado local a falta de pastelarias na cidade. Começou a vender a iguaria que logo se tornou o melhor da cidade. Anos depois o negócio pequeno virou um aclamado restaurante que serve gastronomia japonesa.

Serviço: Rua Xavier Marques, 134, Aflitos, Recife. Abre de segunda a sábado no almoço e jantar.


Arvo (Recife)

A proposta do chef Pedro Godoy é reinventar a culinária regional, mas não a ponto de assustar a clientela que torce o nariz para receitas inventivas demais. Não deixe de provar o menu executivo do almoço com quatro opções de entrada, entre elas o kibe de atum, servido com coalhada seca, homus de beterraba e pão pita. Nos principais, prove o arroz caldoso de carne de panela e linguiça matura, servido com banana da terra caramelizada e aioli de pão (79 reais).

Serviço: Rua Djalma Farias, 170, Torreão, Recife. Abre sábado e domingo no café da manhã; segunda a domingo no almoço. Aos sábados tem roda de samba a partir das 16h30.


Ca-Já (Recife)

É no colorido imóvel da década de 1950 que Yuri Machado recebe os clientes como se estivessem na própria casa. Por isso, não espere formalidades: há meses internas ou no quintal interno, às sombras de árvores; além de entradas, lanches, pratos individuais ou para compartilhar. É verdade que parte das mudanças vieram na pandemia – quando o cardápio ganhou opções para quem só quer beliscar. Nada que destoe da proposta descontraída, que se destaca tanto pelo nhoque de inhame com ragu de chambaril (55 reais) como pelos guiozas de camarão com caruru e caldo de tucupi (37 reais).

Serviço: Rua Carneiro Viléla, 648, Aflitos, Recife. De terça a quinta-feira das 12h às 15h30 e das 19h às 23h. Sexta-feira e sábado das 12h às 16h e das 19h às 23h. Domingo das 12h às 16h.


Chiwake (Recife)

Ainda que seja a primeira vez do restaurante na lista dos 100 Melhores Restaurantes, a casa possui uma história de mais de uma década no Recife. Inaugurado em 2007 e comandado pelo chef Biba Fernandes, o restaurante Chiwake apresenta em seu menu estão pratos peruanos tradicionais e contemporâneos, assim como a culinária Nikkei, uma fusão de referências japoneses e peruanas, como o Cebiche Nazca, feito com peixe, polvo e camarão marinados no limão com pepino agridoce, tomate cereja e molho tarê e o Pescado Nikkei, um peixe ao forno com acelga e camarões gigantes puxados em salsa de ostra e shitake.

Serviço: Rua da Hora 820, Espinheiro – Recife. De terça a quinta-feira das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sexta-feira das 12h às 15h e das 19h à 00h. Sábado das 12h às 16h e das 19h à 00h. Domingo das 12h às 16h.


Os 100 melhores restaurantes do Brasil

Na lista completa escolhida pelo júri da Casual EXAME estão estabelecimentos em 15 cidades

1

Lasai

Rio de Janeiro

2

Origem

Salvador

3

A Casa do Porco

São Paulo

4

Oteque

Rio de Janeiro

5

Maní

São Paulo

6

Nelita

São Paulo

7

Manga

Salvador

8

Evvai

São Paulo

9

Fame Osteria

São Paulo

10

Manu

Curitiba

11

Notiê

São Paulo

11

Pacato

Belo Horizonte

11

Ping Yang

São Paulo

14

Mocotó

São Paulo

14

Ocyá

Rio de Janeiro

16

Glouton

Belo Horizonte

16

Metzi

São Paulo

16

Tuju

São Paulo

19

Cozinha Tupis

Belo Horizonte

19

Murakami

São Paulo

19

Picchi

São Paulo

22

Cepa

São Paulo

22

Shihoma Pasta Fresca

São Paulo

24

Aiô

São Paulo

24

Cais

São Paulo

26

Cala del Tanit

São Paulo

26

Goya Zushi

São Paulo

28

Igor

Curitiba

29

Asu

Curitiba

30

Banzeiro

São Paulo/Manaus

30

Capincho

Porto Alegre

32

D.O.M

São Paulo

33

Dona Mariquita

Salvador

34

Oro

Rio de Janeiro

34

Taberna Japonesa
Quina do Futuro

Recife

34

Tragaluz

Tiradentes-MG

37

Arvo

Recife

37

Fasano

São Paulo

37

Florestal

Belo Horizonte

40

Haru

Rio de Janeiro

40

Lilia

Rio de Janeiro

42

Ori

Salvador

42

Toto

Rio de Janeiro

44

Valle Rústico

Garibaldi-RS

44

Xapuri

Belo Horizonte

46

Birosca

Belo Horizonte

46

Ca-Já

Recife

46

Casa 201

Rio de Janeiro

49

Charco

São Paulo

50

Corrutela

São Paulo

50

Hai Yo

Curitiba

50

Imakay

São Paulo

50

Kanoe

São Paulo

54

Kan Suke

São Paulo

55

Kazuo

São Paulo

55

Komah

São Paulo

57

K.sa

Curitiba

57

Kuro

São Paulo

59

Mee

Rio de Janeiro

59

Mesa do Lado

Rio de Janeiro

61

Osso

São Paulo

62

Per Lui

Belo Horizonte

62

Sult

Rio de Janeiro

64

Tanit

São Paulo

64

Tiara

Rio de Janeiro

66

Tordesilhas

São Paulo

66

Aizomê

São Paulo

68

Altar Cozinha
Ancestral

São Paulo

68

Amado

Salvador

68

Ama.zo

São Paulo

71

Angá

Petrópolis-RJ

72

Animus

São Paulo

73

Arturito

São Paulo

74

Babbo Osteria

Rio de Janeiro

74

Barú Marisquería

São Paulo

74

Borgo Mooca

São Paulo

77

Carlota

São Paulo

78

Caxiri

Manaus

79

Chez Claude

São Paulo/Rio de Janeiro

79

Chiwake

Recife

81

Cipriani

Rio de Janeiro

81

Cora

São Paulo

83

Cuia

São Paulo

84

Daimu

Porto Alegre

84

Feér

Curitiba

84

Fujii

Curitiba

87

Koral

Rio de Janeiro

88

La Villa

Tiradentes-MG

89

Tangará Jean-Georges

São Paulo

90

Makoto San

São Paulo

90

Ninita

Belo Horizonte

92

Madê

Santos-SP

92

Oseille

Rio de Janeiro

94

Président

São Paulo

94

Cozinha 212

São Paulo

96

Rudä

Rio de Janeiro

97

San Omakase

Rio de Janeiro

98

Mahalo Cozinha Criativa

Cuiabá

99

Remanso do Peixe

Belém

100

Tarso Restaurante

Brasília

Júri: Aline Gonçalves (jornalista), Ana Carolina Lembo (@dopaoaocaviar), André Bezerra (Duo Gourmet), Andrea D‘Egmont (jornalista), Arnaldo Lorençato (Veja SP), Bárbara Browne (@mesadividida), Benício Siqueira (revista Deguste), Bruno Albertim (@brunoalbertim), Bruno Calixto (jornalista), Carolina Daher (revista Encontro), Caroline Grimm (@carolinegrimm), Cecilia Padilha (@yeswecook), Celina Aquino (jornal Estado de Minas), Cris Beltrão (Veja Rio), Daniel Salles (jornalista), Daniela Filomeno (CNN Viagem & Gastronomia), Danielle Dalla Valle Machado (Bom Gourmet), Diego Fabris (Wine Locals), Diogo Carvalho (Destemperados), Edi Souza (Folha de Pernambuco), Eduardo Milan (revista Adega), Felipe Almeida (@almeida1984), Fernando Liberato (@serialgrillerofc), Flavia Schiochet (jornalista), Françoise Terzian (@prazerices), Gabrielli Menezes (jornalista), Georgia Guzzo (@eatingcuritiba), Gilson Garrett Jr. (EXAME), Gisele Vitoria (Robb Report), Gui Torres (@siteguitorres), Isabela Lapa (@coisasdemineiro), Isabelle Moreira Lima (revista Gama), Ivan Padilla (EXAME), Izakeline Ribeiro (@saboresdacidade), João Grinspum Ferraz (Casa do Carbonara), José Luiz Soares (@dopaoaocaviar), Josimar Melo (Sabor & Arte e Folha de S.Paulo), Julia Frischtak (Cellar Vinhos), Júlia Storch (EXAME), Juliana Andrade (@viver_para_comer), Junior Ferraro (Azul), Jussara Voss (Gazeta do Povo), Kike Martins (revista 29horas), Liana Sabo (Correio Braziliense), Lili Almeida (@cheflilialmeida), Lorena Martins (O Tempo), Luciana Barbo (jornalista), Luciana Fróes (O Globo), Luiza Fecarotta (CBN), Marcel Miwa (Guia dos Vinhos), Marcelo Katsuki (Folha de S.Paulo), Maria Eduarda Vétere (You Must Go), Maria Helena Esteban (Revista Estação Zona Sul), Mariah Luz (@oquefazercuritiba), Mariella Lazaretti (Prazeres da Mesa), Marília Miragaia (Folha de S.Paulo), Nani Rodrigues (@nanirodrigues), Nide Lins (@nidelins), Patricia Ferraz (Rádio Eldorado), Paula Theotonio (jornal Correio), Rafael Tonon (Eater), Renata Araújo (You Must Go), Ricardo Castilho (Prazeres da Mesa), Roberta Malta (jornalista), Roberto Hirth (@robertohirth), Ronaldo Jacobina (Correio),Rosa Moraes (The World’s 50 Best Restaurants), Saulo Yassuda (Veja SP), Tavinho Furtado (@maiorviagem), Tereza Carvalho (@proveieaprovei), Tina Bini (CNN Viagem & Gastronomia) e Vanessa Lins (Folha de Pernambuco).

Acompanhe tudo sobre:Gastronomiacomida-e-bebida

Mais de Casual

A estratégia (quase) secreta da Grand Cru para fazer o brasileiro beber mais vinho da Borgonha

Conheça o azeite brasileiro eleito o Melhor do Hemisfério Sul em concurso na Itália

Os Sete Lendários: a mais nova (e disputada) safra da Miolo

Dia do Martini: mixologista Alê D’Agostino dá dicas infalíveis para o coquetel perfeito

Mais na Exame