O que os jovens querem em 2021? Espartilhos e música clássica

Com o recorde na Netflix em streamings, a série Bridgerton lançou tendências na moda e na música, com roupas do império e quarteto de cordas nas playlists

A recém-lançada série Bridgerton já ocupa o primeiro lugar no pódio da mais assistida na Netflix globalmente. De acordo com as informações da plataforma de streaming, até agora 82 milhões de lares já a assistiram. Com isso, a série que retrata o período da Regência britânica trouxe diversas tendências para fora das telas, como a música clássica e os espartilhos.

Está faltando dinheiro para 2021? Investir na bolsa pode ser o primeiro passo. Conheça os cursos da EXAME Academy

Logo no primeiro baile da série é possível reconhecer músicas pop em versões feitas por uma orquestra de cordas, como quando Dafne Bridgerton está rodeada por possíveis candidatos para o posto de marido, e ao fundo é tocada a melodia de Thank U, Next, de Ariana Grande.  

O grupo Vitamin String Quartet, que toca as versões clássicas de Billie Eilish, Ariana Grande, Maroon 5, Sufjan Stevens e Shawn Mendes, na série inspirada nos livros de Julia Quinn, teve um aumento de 350% de ouvintes mensais nas plataformas de streaming. No Spotify e na Amazon Music, o aumento chegou a 50% em menos de um mês após a estreia da série. Além disso, o Spotify conta com mais 5.800 playlists com Bridgerton no título.

O responsável pela trilha sonora é o compositor Kris Bowers. Sobre o processo de criação da trilha sonora, ele contou à revista Variety que trabalhou através 'da tentativa e do erro'. “Foi muito bom que o criador da série, Chris Van Dusen, esteve aberto a esse processo. Falamos sobre uma abordagem supermoderna do som, mas usando instrumentos tradicionais. Tentei utilizar todos os elementos orquestrais como se eu fosse um produtor de hip-hop e pop. Eu tentei isso em algumas cenas do baile e rapidamente percebi que não estava funcionando. [...] O que realmente me ajudou foi concentrar no tema de [dos personagens] Simon e Daphne. Usamos uma [peça] de piano Ravel e isso acendeu uma lâmpada na minha cabeça por ser clássica, mas com uma abordagem um pouco moderna, e ainda romântica.”

Já a ideia do quarteto de cordas, Vitamin String Quartet, veio da supervisora ​​musical Alexandra Patsavas, que pediu a Van Dusen por um toque de modernidade à trilha sonora. Ao The Guardian, o grupo disse que “Bad Guy foi o cover mais desafiador de acertar por causa da produção idiossincrática e do estilo de canto de Billie Eilish”.

Espartilhos em 2021

Se as roupas confortáveis fizeram a moda em 2020, a tendência para este ano parece ter virado 180 graus, pelo menos para os fãs da série. Com a tendência Regency Core, itens como espartilhos, tiara de pérolas e luvas compridas foram altamente pesquisados desde a estreia da série.

Segundo a plataforma de tendências Lyst, em janeiro, as buscas por espartilhos cresceram 123%, tiaras de pérolas e penas, 49%, luvas longas, 23% e vestidos da linha imperial, 93%. Segundo o site, as peças mais vistas são os acessórios de cabelo de Simone Rocha, espartilhos de Rasario e Dion Lee e vestidos da Brock Collection.

Acessórios da estilista Simone Rocha estão entre os mais procurados. Peça disponível por 595 libras no site da estilista.

Acessórios da estilista Simone Rocha estão entre os mais procurados. Peça disponível por 595 libras no site da estilista. (Simone Rocha/Reprodução)

No TikTok, o uso da #regencycore já ultrapassou 1 milhão de visualizações, com usuários usando vestidos inspirados nas roupas de época da série, cabelos cacheados e adereços. 

A figurinista da série, Ellen Mirojnick, que já trabalhou em filmes como Instinto Selvagem e Malévola, e recebeu um prêmio Emmy de Melhor Figurista em 2013. Para a série, foram produzidos mais de 7.500 peças de roupas. Mirojnick contou ao The Cut que “no período da Regência, com silhueta império, o destaque é a beleza do seio. [Com o espartilho por baixo do vestido] tudo sobe e se concentra na beleza do seio.” 

Vestidos da Brock Collection são os mais pesquisados quando se trata de roupas da Regência. Vestido floral a venda por 6.540 dólares.

Vestidos da Brock Collection são os mais pesquisados quando se trata de roupas da Regência. Vestido floral a venda por 6.540 dólares. (Brock Collection/Reprodução)

Ainda que ‘conforto’ não foi um adjetivo que os atores e atrizes puderam utilizar nas gravações, pelo uso dos espartilhos e roupas pesadas, os fãs da série ficaram aficionados pelos looks.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.