Galvão Bueno lança vinho de R$ 89 com Ambev; conheça

Rótulo com uvas argentinas e brasileiras foi batizado Bien Amigos em referência ao tradicional bordão do narrador esportivo
Daniela Cachich (esq.), Letícia Galvão Bueno (centro) e Galvão Bueno (dir.): projeto de longa data (Mariana Pekin/Divulgação)
Daniela Cachich (esq.), Letícia Galvão Bueno (centro) e Galvão Bueno (dir.): projeto de longa data (Mariana Pekin/Divulgação)
G
Gabriel Aguiar

Publicado em 23/11/2022 às 06:00.

Última atualização em 23/11/2022 às 08:18.

Responda rápido: o que Galvão Bueno e Ambev têm em comum? No mundo dos negócios, ambos estão ligados pelo vinho Bien Amigos – novo projeto criado em parceria pela área de inovações da multinacional e a vinícola do narrador –, que foi lançado nesta quarta-feira, 23. E, para quem ficou curioso, o rótulo (batizado em referência ao bordão “bem amigos”) está à venda por 89,90 reais.

VEJA TAMBÉM

E toda essa relação começou quando a Bodega Dante Robino, que faz parte do portfólio da MATCH, divisão criada para desenvolver e acelerar inovações além de cervejas, foi adquirida pela Ambev em fevereiro de 2020. “Essa parceria faz parte do plano de crescimento da companhia, principalmente para oferecer mais opções a mais consumidores”, afirma Daniela Cachich, presidente da divisão.

Criado em conjunto por ambas as equipes, o rótulo Bien Amigos aposta pelo inusitado blend de uvas Malbec argentinas, com taninos mais marcantes e estrutura mais potente, e Merlot brasileira, que é mais frutado com taninos refinados e macios. Essa combinação deu origem a um rótulo de estrutura média e notas de frutas vermelhas maduras, recomendado para carnes vermelhas e charcutaria.

Vinho Bien Amigos

Bien Amigos: uvas de ambos países engarrafadas no Brasil (Mariana Pekin/Divulgação)

“Enxergamos o mercado de vinhos como uma possibilidade de ter portfólio para mais consumidores que ainda não brindam com a gente. Queremos trazer um reforço positivo a essa categoria, além de oferecer novas possibilidades e garantir a experiência de consumir vinho para mais pessoas”, afirma Marcelo Tucci, diretor da divisão Future Beverage da Ambev – dedicada a produtos de inovação.

Com produção limitada a 18 mil garrafas, o rótulo de Galvão Bueno terá 12 mil unidades dedicadas à comercialização pela própria Ambev em homenagem à trajetória do narrador esportivo em Copas do Mundo: desde a estreia na partida entre Alemanha Ocidental e Austrália, em 1974, até o último jogo no Catar, são cerca de 12 mil dias. Além do e-commerce Bueno Wines, haverá venda na Amazon.

“Nosso namoro com a Ambev vem de longa data. Temos uma parceria com a Brahma e, agora, nosso vinho vem para consagrar isso. Esperamos que seja um sucesso e que venham mais coisas boas. Mas também percebemos que a Copa do Mundo seria um momento interessante para o lançamento. E a nossa vontade é brindar o hexa com Bien Amigos”, diz Letícia Galvão Bueno, CEO da Bueno Wines.

Conheça a newsletter da Casual EXAME, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.