Fim da Fenty? Rihanna e LVMH decidem fazer uma pausa da marca

Ainda que a marca de roupas de Rihanna faça uma pausa, a LVMH confirma o comprometimento com as outras linhas da Fenty, como cosméticos, cuidados com a pele e lingerie

Com grande alarde, Rihanna lançou em 2019 sua linha de luxo, Fenty, com a companhia francesa LVMH. Porém, mesmo com o sucesso da cantora e empresária no ramo da moda e da beleza, segundo anúncio do porta-voz da LVMH em Paris, o conglomerado juntamente com Rihanna, concordaram em encerrar as operações da linha de moda da marca.

Aprenda como investir seu dinheiro e conquistar os seus sonhos! Comece agora

A Fenty foi a segunda maison de moda de luxo que a LVMH criou do zero, a primeira foi Christian Lacroix em 1987. Administrada por uma mulher negra e influente, a Fenty foi vista como uma revolução, já que o público de Rihanna seria seu consumidor direto. 

Como todos sabem, 2020 não foi um ano fácil para diversos setores, incluindo a moda. Ainda que a LVMH tenha se recuperado em vendas nos últimos meses, em parte por consumidores chineses, o lucro do grupo não foi o suficiente para superar as expectativas previstas. Em 2020, o lucro do conglomerado francês foi de 4,7 bilhões de euros, um terço a menos que em 2019.

Outro motivo da interrupção da venda de peças da Fenty foi a alta dos preços. Mesmo antes do lançamento da Fenty, em 2019, a cantora havia expressado sua preocupação com os valores das peças, não acessíveis ao seu público em geral. Mas, ainda que a LVMH tenha concordado em cobrar um preço abaixo das outras marcas do conglomerado, estes permaneceram distantes da clientela.

A linha de roupas da Fenty pode ser encontrada no Brasil no e-commerce da Farfetch. No site, um vestido mini de tricô canelado sai por 11.007 reais, já um óculos de sol, por 5.431 reais.

Óculos de sol Fenty, a venda na Farfetch por 5.431 reais.

Óculos de sol Fenty, a venda na Farfetch por 5.431 reais. (Farfetch/Reprodução)

Sobre as outras linhas da marca, como cosméticos, cuidados com a pele e lingerie, a LVMH confirma o comprometimento com estas. Ainda que a coleção de roupas da cantora passe por uma pausa, o site Business of Fashion revelou que a gigante de private equity, L Catterton, irá investir na linha de lingeries Savage X Fenty da cantora. Com investimento de 100 milhões dólares, a marca buscava um aporte para se expandir. 

A Savage X Fenty é a marca de lingerie com mais variedade de tons de nude e a maior proporção de nudes com tons escuros. Há uma ou outra crítica à modelagem dos tamanhos grandes, porém continua sendo a marca com a mais extensa grade de tamanhos entre as maiores do segmento. 

Em outubro do ano passado, a marca causou alvoroço nas redes sociais com o lançamento de uma coleção de cuecas box, fabricada em diversos tamanhos. A coleção esgotou em pouquíssimas horas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.