Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Novo ministro defende mais articulação entre poderes

O novo ministro de Ciência e Tecnologia destacou o contexto e o esforço político em que chega ao comando da pasta, para ampliar a articulação entre os poderes

O deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) destacou hoje (8), ao assumir o cargo de ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o contexto e o esforço político em que chega ao comando da pasta, para ampliar a articulação entre os poderes Executivo e Legislativo.

“O Brasil passa por um grande desafio econômico e político, desafio que traz implicações diretas para a área de ciência e tecnologia. Por um lado, sinaliza para a redução de disponibilidade de recursos no curto prazo. Por outro, cria a oportunidade de revisar metas e processos para continuar apoiando a pesquisa e o desenvolvimento, de forma a aumentar as oportunidades para a melhoria e inovação de produtos, processos e tecnologias que incrementem os setores produtivos da economia, levando ao crescimento e desenvolvimento sustentável do país”, afirmou Pansera, que substitui na pasta Aldo Rebelo, que passou a comandar o Ministério da Defesa.

Em discurso, Aldo lembrou as realizações nos nove meses em que chefiou o ministério, citando a inclusão de obras de infraestrutura de ciência, tecnologia e informação no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

“Assumi  compromissos para recompor a agenda do ministério; valorizar institucionalmente a agenda de ciência e pesquisa; reconstruir o orçamento do ministério; lutar pelo descontingenciamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e liderar, dentro das minhas limitações, a agenda do ministério junto ao Executivo e ao Legislativo, aprovando algumas leis”, acrescentou Aldo.

Pansera afirmou que dará continuidade ao trabalho de Aldo Rebelo. “Nossa agenda, então, baseia-se no diálogo com a sociedade, com os parlamentares, com os partidos, com governadores e prefeitos, com movimentos sociais e com quem faz e produz ciência, com quem produz tecnologias no Brasil e para o Brasil.”

Também participaram da cerimônia os presidentes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Hernan Chaimovich, da Academia Brasileira de Ciências, Jacob Palis, e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader; o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani (RJ); e o novo ministro da Saúde, Marcelo Castro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também