Moraes diz que eleições estão transcorrendo "de forma tranquila"

O ministro também disse que a totalização deve começar normalmente às 17h, inclusive de votos no exterior
Ministro do TSE Alexandre de Moraes: votação segue na normalidade (EVARISTO SA/AFP/Getty Images)
Ministro do TSE Alexandre de Moraes: votação segue na normalidade (EVARISTO SA/AFP/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 02/10/2022 às 15:23.

Última atualização em 02/10/2022 às 16:55.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, afirmou na tarde deste domingo, 2, que as eleições estavam transcorrendo "de forma tranquila" até o momento. "A votação vem sendo realizada tranquila, harmoniosa, se dirigindo a seções eleitorais, intercorrências normais, substituições de algumas urnas, problemas normais, algumas filas", disse ao dar início a uma coletiva que concede neste momento à imprensa no TSE.

Ele acrescentou que a "votação no exterior também ocorreu de forma pacífica, mas com filas".

O presidente do TSE disse a jornalistas que o comparecimento de eleitores no exterior registrado até o momento foi 50% maior que na eleição anterior.

O ministro disse que a totalização deve começar normalmente às 17h, inclusive de votos no exterior. Moraes esclareceu que as notícias relacionadas aos votos em países estrangeiros são feitas a partir dos boletins de urna divulgados após o encerramento da votação.

Moraes lembrou, ainda, que o TSE divulgará pela primeira vez todos os boletins de urna na internet. Até então, os boletins eram disponibilizados impressos nas portas das seções eleitorais.

O projeto piloto do teste de integridade, realizado com a participação de eleitores voluntários que ativaram as urnas com sua biometria, transcorreu normalmente. Moraes agradeceu à imprensa pelo trabalho de divulgação do teste de integridade e disse que a maior parte dos eleitores já sabia do que se tratava — e como iria funcionar.

Fique por dentro de tudo sobre as Eleições 2022 e os resultados das pesquisas eleitorais. Clique aqui e receba gratuitamente a newsletter EXAME Desperta.

Biometria

Na coletiva, Alexandre de Moraes disse que não é possível afirmar que as filas nos locais de votação no Rio de Janairo são consequência do cadastro da biometria no Estado. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) liderou uma iniciativa de cadastramento da biometria de eleitores na própria seção eleitoral durante a votação deste ano.

O ministro destacou ainda o grande número de pessoas indo votar e o clima pacífico das eleições até agora. "Apenas depois saberemos se mais filas se deram por menor abstenção ou biometria."

Questionado sobre a previsão de resultado da votação, Moraes disse apenas que será hoje e que os eleitores "podem ficar tranquilos". A totalização deve se iniciar às 17h.

Leia tudo sobre como votar

Leia tudo sobre as eleições 2022