Ciclovia da Marginal Pinheiros será reaberta na próxima segunda-feira

A via estava fechada desde março por causa da pandemia de covid-19. O trecho passou por revitalização e deve ganhar iluminação nos próximos meses
 (Divulgação/José Luis da Conceição / Governo de SP)
(Divulgação/José Luis da Conceição / Governo de SP)
Por Gilson Garrett Jr.Publicado em 31/07/2020 14:27 | Última atualização em 31/07/2020 16:18Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Os 22 quilômetros da ciclovia da Marginal Pinheiros serão reabertos a partir do dia 3 de agosto. O trecho, que estava em reformas, foi fechado totalmente no fim de março por causa da pandemia da covid-19.

As obras de revitalização, que tiveram custo de 2,2 milhões de reais, foram financiadas pelo Santander e pela Sabesp que terão direito à concessão da ciclovia por 36 meses. As duas empresas também farão a manutenção pelo período.

Ao longo de toda a via foi revitalizado o asfalto, foram retiradas as lombadas, teve a pintura dos bicicletários e a instalação de chuveiros, na Estação Vila Olímpia. Durante as obras foram retirados ainda 50 toneladas de lixo. Dentre as novidades, há também a circulação de seguranças por toda a ciclovia.

De acordo com o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, cerca de 40 mil ciclistas utilizam a via diariamente para se deslocar ou para lazer. 

"Com a concessão, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] vai ter uma economia de 5,5 milhões de reais, com as obras e a manutenção. Nos próximos meses será feita a instalação de iluminação para atender a uma demanda antiga, que é o funcionamento até um período mais tarde, coincidindo com as operações dos trens", disse o secretário em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 31.