A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Bolsonaro confirma filiação ao PL no dia 30

Na véspera, o PL já havia informado em nota a data na qual a filiação de Bolsonaro vai acontecer

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que "está tudo certo" para sua filiação ao PL, o que deve acontecer no próximo dia 30, em Brasília, e garantiu que foram acertados pontos de divergência sobre candidaturas locais em São Paulo e Estados do Nordeste.

"Dia 30, por volta de 10h30 da manhã, não sei se posso fazer nesse horário, mas em princípio terça-feira, está tudo certo. Acertamos São Paulo, alguns Estados do Nordeste. No macro foi tudo acertado com Valdemar (Costa Neto, presidente do partido). Sem problema. É uma pessoa que é conhecida por honrar a palavra, da minha parte também, e temos tudo para realmente ajudar na política brasileira", disse Bolsonaro ao voltar ao Planalto depois de uma cerimônia na Câmara dos Deputados.

Na véspera, o PL já havia informado em nota que a filiação de Bolsonaro irá ocorrer formalmente no dia 30.

A primeira data prevista para a filiação do presidente era no último dia 22. No entanto, Bolsonaro se incomodou ao descobrir que Valdemar teria dito aos filiados que poderiam manter seus acordos regionais, e também com a manutenção do acordo em que o PL apoiaria o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), na eleição estadual.

A pandemia mexeu com a economia e os negócios no mundo todo. Descubra aqui com a EXAME como proteger seu patrimônio.

Na semana passada, depois de uma reunião partidária, o presidente do PL anunciou que se havia chegado a um consenso. O acordo feito por Valdemar dentro do PL restringe alianças formais com partidos de oposição --especialmente o PT--, mas não deverá reprimir alianças informais. Também não há previsão de expulsão para quem não fizer campanha para Bolsonaro.

Mesmo sem 100% de garantias de que vai conseguir todo o apoio que gostaria no partido, Bolsonaro disse que está "tudo certo para ser um casamento em que seremos felizes para sempre."

O "felizes para sempre", porém, não costuma ser uma tradição do presidente. Este será o 9º partido ao qual Bolsonaro será filiado. Em dois casos, não houve trocas, mas o partido em que estava deu origem a um outro depois de uma fusão. Do PSL, pelo qual se elegeu presidente, ele saiu em 2019, brigado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também