A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Ameaça terrorista: Recado do FMI…

Ameaça terrorista

Uma operação realizada pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira prendeu dez brasileiros suspeitos de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico (EI). Eles ficarão presos por 30 dias, prorrogáveis por mais 30. Os presos faziam parte da lista de 100 pessoas que a PF vinha monitorando mais proximamente por suspeita de ligações com o terrorismo. De acordo com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a célula era amadora, por não ter preparo para realizar ataques, mas representava uma ameaça.

Contatos para comprar armas

De acordo com Moraes, a Polícia Federal monitorava há meses as conversas dos suspeitos por meio de aplicativos de troca de mensagem, como WhatsApp e Instagram. Os presos teriam feito o “batismo” no EI, mas não contataram pessoalmente nenhum membro da organização. Moraes disse que a PF decidiu agir no momento em que um dos membros contatou uma loja de venda de armas no Paraguai para adquirir um fuzil AK-47.

MPF reitera denúncia contra Lula

O Ministério Público Federal reiterou nesta quinta-feira a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela tentativa de obstrução das investigações da Lava-Jato. Também são afetados pela denúncia o ex-senador Delcídio do Amaral e outras cinco pessoas pela tentativa de comprar o silêncio de Nestor Cerveró com o objetivo de que ele não aceitasse fazer delação premiada. O ato ocorreu depois que o ministro Teori Zavascki devolveu o processo para a Procuradoria-Geral depois que Delcídio foi cassado. Como o ex-senador perdeu o foro privilegiado, o processo corre na primeira instância em Brasília.

Irmãos Schin são réus

Os irmãos Fernando Machado Schincariol e Caetano Schincariol Filho, juntamente com outras cinco pessoas, tornaram-se réus nesta quinta-feira pelos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa e fraude processual. De acordo com o MPF, os réus montaram um esquema de sonegação de impostos que operou por pelo menos dez anos na Cervejaria Malta, de propriedade dos irmãos. Nas contas do Ministério Público, pelo menos 2 bilhões de reais em tributos não foram pagos ao Erário.

_

Recado do FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) recomendou, em documento divulgado nesta quinta-feira, que o Brasil aumente impostos. Para o FMI, a elevação da carga tributária deverá complementar a proposta de limitar o crescimento dos gastos públicos que foi enviada ao Congresso. Além do ajuste fiscal, o FMI recomendou que o Brasil faça reformas estruturais para aumentar a produtividade e a competitividade. Outra medida essencial seria a implementação do programa de concessões, o que provocaria uma melhora da infraestrutura do país.

_

Bônus da República

O Tesouro Nacional anunciou a emissão de títulos de dívida no mercado internacional e captou 1,5 bilhão de dólares. Os bônus terão vencimento em fevereiro de 2047. A emissão foi liderada pelos bancos Deutsche Bank, HSBC e Goldman Sachs. Em março deste ano, o Tesouro Nacional lançou bônus com vencimento para abril de 2026 — foi o primeiro desse tipo desde setembro de 2014.

Turquia: direitos ameaçados

A Turquia suspenderá temporariamente a Convenção Europeia de Direitos Humanos, um conjunto de regras que proíbem o tratamento desumano e garante o respeito à privacidade. Em entrevista à rede de TV Al Jazeera, o presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, reiterou que a democracia turca não está sob ameaça, mas que fará “tudo que for necessário para a paz e a estabilidade da nação”. Após a tentativa de golpe militar no país desencadeada na sexta-feira 15, o governo turco vem tomando uma série de medidas restritivas, como prisões e abertura de inquérito contra milhares de pessoas acusadas de tramar pelo golpe.

Sem Big Mac na Venezuela

A rede de fast-food McDonald’s suspendeu a venda de Big Mac na Venezuela devido a problemas com um fornecedor. Atuando no país há três décadas, a empresa não detalhou os tipos de problema que vem enfrentando, mas parte da imprensa diz que há dificuldade em encontrar a fatia que divide as duas partes do sanduíche. Segundo a rede americana, a suspensão é temporária e os demais itens do menu continuarão sendo oferecidos. A franquia já havia sido obrigada a suspender a venda de batatas fritas entre janeiro e novembro de 2015. Estimativas apontam que os venezuelanos sofrem com a escassez de 80% dos alimentos e medicamentos.

Projeto solar da Tesla 

Eslon Musk, presidente da montadora de carros elétricos Tesla, finalmente divulgou o “plano mestre” no qual vinha trabalhando. A Tesla pretende fabricar um amplo rol de veículos elétricos: um novo SUV compacto, picapes, caminhões e ônibus — tudo com bateria a energia solar de sua empresa Solar City. Além disso, a companhia quer aperfeiçoar seus controversos veículos autônomos. Em comunicado divulgado em seu blog, Musk afirmou que todas as ações da Tesla nos últimos dez anos fazem parte de um plano maior focado na energia solar e destinado a libertar o consumidor do que chama de “dependência energética”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também