Twitter suspende conta de Trump permanentemente

Rede social já havia anunciado que retiraria conta do ar caso Trump violasse regras da plataforma novamente

A queda de Donald Trump nas redes sociais está sendo dramática. O Twitter anunciou na noite desta sexta-feira, 8, que suspendeu permanentemente a conta do presidente dos Estados Unidos, depois dos eventos que culminaram na invasão do Capitólio na quarta-feira.

"Após revisão minuciosa dos tweets recentes de @realDonaldTrump e o contexto por trás nós suspendemos a conta permanentemente por risco de contínua incitação à violência", disse o Twitter em uma publicação oficial no site da empresa. A conta, que é pessoal e já pertencia a Trump, tinha mais de 88 milhões de usuários.

A @POTUS (abreviação de President of the United States) continua no ar e teoricamente pode ser usada pelo governo Trump até o final do mandato, daqui a 12 dias. Apesar disso, a conta ainda não fez publicações em 2021.

A pressão sobre a rede social já havia crescido, quando mais cedo a imprensa americana noticiou que centenas de funcionários do Twitter assinaram uma carta pedindo que o presidente fosse banido.

A decisão das redes aconteceu depois que partidários de Trump invadiram o Capitólio durante a ratificação de Joe Biden na quarta-feira e geraram caos em Washington. Pelo menos 4 pessoas foram mortas durante a invasão, dentro e fora do Capitólio, de acordo com autoridades locais.

Enquanto os eventos se desenrolavam, diversos analistas, jornalistas e políticos pediram que as contas do presidente fossem suspensas, para evitar a disseminação de conteúdo falso em meio ao caos político que passam os Estados Unidos.

A decisão do Twitter segue a do Facebook. Na quinta-feira, 7, o presidente da rede social, Mark Zuckerberg, já havia anunciado uma suspensão por tempo indefinido da conta de Trump no Facebook e no Instagram. Segundo Zuckerberg, as contas estarão suspensas pelo menos até a posse de Joe Biden, no próximo dia 20.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.