Tecnologia
Acompanhe:

Natal com chamada de vídeo? Zoom oferece reuniões sem limite de tempo

Plataforma de chamadas de vídeo aproveita fim de ano para se aproximar de consumidores

Companhia deve promover chamadas sem limite de tempo para todos (Lucas Agrela/Site Exame)

Companhia deve promover chamadas sem limite de tempo para todos (Lucas Agrela/Site Exame)

K
Karina Souza

Publicado em 18 de dezembro de 2020, 07h30.

Em meio a tantas dúvidas que a pandemia trouxe, uma certeza permanece: o Natal de 2020 será diferente de todos os outros. Especialistas ainda frisam a necessidade de ficar em casa e, se possível, não arriscar o encontro com muitas pessoas. Pensando em tornar essa época menos solitária. a plataforma de videochamadas Zoom vai oferecer ligações por tempo indeterminado a todos que utilizarem o serviço em dezembro.

Geralmente, as chamadas realizadas de graça na plataforma são limitadas ao tempo máximo de 40 minutos. Só têm acesso às chamadas sem limite de tempo os assinantes que pagam um preço mínimo de US$ 12,99 por mês num plano anual.

De acordo com informações divulgadas recentemente, será possível aproveitar o benefício em datas específicas: entre os dias 17/12 (a partir de 12h30) e 19/12 (até às 8h); de 23/12 a 26/12; e de 30/12 a 02/01, sempre nos mesmos horários.

A ação realizada pela companhia vem pouco tempo depois de realizar um acordo com autoridades dos Estados Unidos para aumentar o nível de segurança do serviço. De acordo com alegações da Comissão Federal de Comércio, o Zoom fazia falsas afirmações de promover criptografia de ponta a ponta em sua plataforma.

Ainda assim, a estratégia de serviços grátis não é algo adotado exclusivamente pela empresa. Rivais como o WhatsApp já começaram a testar um novo recurso, que permitirá chamadas de voz e de vídeo pelo desktop. O Google Meet, ao mesmo tempo, também deve estender reuniões com tempo ilimitado até março de 2021.