A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Foxconn terá 1 milhão de robôs em fábricas

A Foxconn, que está se preparando para fabricar, no Brasil, o iPad 2, da Apple, vai substituir humanos por robôs em suas linhas de produção

São Paulo -- A gigante da tecnologia Foxconn vai substituir uma parte de seus trabalhadores por 1 milhão de robôs nos próximos três anos. De acordo com informações da agência Xinhuanet, o fundador da empresa, Terry Gou, declarou, na sexta-feira, que a manobra é uma forma de cortar custos e aumentar a eficiência.

Os robôs serão usados para tarefas simples e rotineiras. Atualmente, a Foxconn é a maior fabricante de componentes de computadores do mundo e monta gadgets para Apple, Sony e Nokia. A empresa possui 1,2 milhão de funcionários – sendo a grande maioria, um milhão, em fábricas na China.

Há tempos, a Foxconn sofre pressão devido às condições de trabalho que oferece. Baixos salários, horas extras obrigatórias e muito tempo passado em pé são algumas das acusações. Vários casos de suicídio, ou tentativas de suicídio, foram registradas nas instalações. Hoje, a companhia possui 10 mil robôs, que passarão a ser 300 mil no ano que vem e 1 milhão em três anos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também