Quer saber tudo sobre relógios? Confira o guia Casual EXAME

Em especial da Revista EXAME, o time de CASUAL aponta as principais tendencias e lançamentos do mercado de relógios. Veja de perto preços, estilos e modelos e saiba se cabe no seu bolso (e pulso)
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
Por Ivan PadillaPublicado em 17/06/2021 05:20 | Última atualização em 17/06/2021 08:16Tempo de Leitura: 14 min de leitura

RELÓGIOS NEOVINTAGE

Quando a herança da marca vai muito além de um visual retrô

Jaeger-LeCoultre Tribute Small Seconds

A inspiração art déco está em cada detalhe deste relógio criado para as partidas de polo dos oficiais da Marinha britânica na Índia. A versão com mostrador verde está em sintonia com as tendências do setor. A pulseira é da Casa Fagliano, do célebre fabricante argentino de botas. A caixa vem com 45,6 por 27,4 milímetros e movimento a corda.

R$ 59.000jaeger-lecoultre-store.com.br


(Divulgação/Divulgação)

Montblanc Heritage Automatic Chronograph

A linha Heritage é uma referência à histórica manufatura Minerva, que deu origem à linha de relojoaria da Montblanc. Este cronógrafo com caixa de 41 milímetros de aço inoxidável tem calibre próprio automático com reserva de 48 horas, resistência a 50 metros de profundidade e vem com pulseira sfumato produzida no ateliê de couro da marca, em Florença.

R$ 31.700montblanc.com.br


(Divulgação/Divulgação)

IWC Big Pilot

O modelo clássico inspirado no universo da aviação continua grande, mas nem tanto. O lançamento tem caixa de 43 milímetros, diante dos 46 milímetros da versão tradicional. Vem com movimento in-house automático, reserva de marcha de 60 horas, fundo de safira e resistência de 100 metros.

R$ 47.300 iwc.com.br


(Divulgação/Divulgação)

NO TOPO DO MUNDO

As conquistas do alpinista Reinhold Messner remetem à linha 1858 da Montblanc 

Em 2004, Reinhold Messner foi o primeiro a caminhar sozinho 2.000 quilômetros pelo deserto de Gobi. Nascido na Itália, o explorador fez também a primeira subida solo do Everest e, junto com Peter Habeler, a primeira subida do Everest sem oxigênio suplementar.

Também foi a primeira pessoa a escalar todos os 14 picos com mais de 8.000 metros. As proezas do aventureiro se tornaram uma plataforma de comunicação da linha 1858 da Montblanc, que remete às expedições montanhistas dos anos 1930. 


RELÓGIOS ESPORTE

Atividades outdoor e o universo de exploração servem aqui de inspiração

(Divulgação/Divulgação)

Panerai Submersible Bronzo Blu Abisso

O bronze é o elemento central desta versão do modelo de mergulho de edição limitada, de 1.000 peças por ano. Resistência de até 300 metros de profundidade. O bisel rotativo ajuda a calcular o tempo de imersão. O movimento automático tem função data e reserva de marcha de três dias.

R$ 83.100 officinepanerai.com.br


(Divulgação/Divulgação)

Rolex Explorer II

É o herdeiro do original Rolex Explorer, lançado em 1971 como instrumento para aventuras e ambientes extremos. A versão apresentada neste ano traz a caixa e a pulseira redesenhadas. A caixa robusta tem 42 milímetros. Os indicadores foscos e o clássico ponteiro laranja se destacam sobre o mostrador laqueado branco. O calibre automático tem reserva de marcha de até 70 horas.

R$ 56.000 frattina.com.br


“Temos quatro linhas e não precisamos de mais. Inovamos em materiais e movimentos”

Jean-Marc Pontroué, CEO da Montblanc, manufatura de origem italiana do grupo Richemont


(Divulgação/Divulgação)

Audemars Piguet Royal Oak Offshore Diver

A coleção Royal foi redesenhada e recebeu um novo movimento. Os modelos de mergulho apresentam calibre com 60 horas de reserva. A caixa é de 42 milímetros de aço e a resistência é de até 300 metros na água. O mostrador em tapisserie provoca um efeito visual em que o nome desaparece dependendo do ângulo, ficando apenas o logotipo AP. Vem com um sistema de troca rápida de pulseira.

Preço sob consultaaudemarspiguet.com


(Divulgação/Divulgação)

Montblanc Geosphere Limited Edition 1858

O modelo é inspirado na jornada de 2004 do explorador Reinhold Messner, embaixador da marca. A linha 1858 faz referência ao ano de fundação da manufatura Minerva, adquirida pela Montblanc.

O mostrador traz dois globos hemisféricos giratórios em cúpula e complicação de hora mundial. Com calibre automático da manufatura, reserva de marca de 42 horas, caixa de 42 milímetros, resistência à profundidade de 100 metros.

R$ 48.200montblanc.com.br


“Fomos a primeira marca de luxo a patrocinar a Fórmula 1”

Freddy Rabbat, diretor da operação brasileira da TAG Heuer


(Divulgação/Divulgação)

TAG Heuer Aquaracer Professional 300

A história da coleção remonta a 1978, quando a marca lançou um relógio de mergulho chamado Heuer. Tinha mostrador chamativo, escala de 24 horas em vermelho e bisel de mergulho rotativo com uma escala de minutos transparente. Na versão apresentada agora, a forma básica do bisel foi mantida, mas agora está mais resistente a riscos.

Outro aprimoramento: são oito marcadores de horas octogonais e a coroa tem 12 lados. Com resistência a 300 metros de profundidade e versões de 46 e 43 milímetros, como este na foto de titânio com mostrador verde.

R$ 31.000 tagheuer.com.br


(Divulgação/Divulgação)

Omega Seamaster 300

Trata-se de mais uma releitura do clássico modelo de 1957, um dos modelos de mergulho mais conhecidos, bastante próximo ao original. O novo Seamaster 300 é um pouco mais fino do que a versão anterior, graças ao vidro de safira. O bisel, um pouco mais fino também, é de alumínio. Já a caixa de 41 milímetros é de aço. Uma mudança notável é o sistema de sanduíche do mostrador. O estilo dos numerais é o arábico, como no modelo dos anos 1960. O movimento é certificado pelo Instituto Federal Suíço de Metrologia (Metas) e tem reserva de marcha de 60 horas. Na foto, a versão em bronze e ouro.

R$ 71.900omegawatches.com/pt


(Agnieszka Doroszewicz/Divulgação)

PÉ NO ACELERADOR

Ator e piloto, Patrick Dempsey acelera com um TAG Heuer Monaco Gulf no pulso

A TAG Heuer é uma marca associada às pistas de corrida. Steve McQueen usou um modelo Monaco no filme Le Mans. Em homenagem ao cinquentenário do filme, a manufatura lançou a edição Monaco Gulf, nome da petroleira e da equipe de corrida de McQueen no longa. O garoto-propaganda do modelo com listras azuis e laranja é outro ator, Patrick Dempsey. Mais conhecido por seu papel em Grey’s Anatomy, ele mantém uma coleção de carros esportivos e já competiu em provas como as 24 Horas de Le Mans. Manufaturas procuram se associar a personalidades com conexão real com suas peças. É o caso. Dempsey mantém em sua coleção um TAG Heuer Monaco vintage de 1972.


RELÓGIOS SUSTENTÁVEIS

A irrefreável tendência de uso mais consciente dos recursos chega à relojoaria

(Divulgação/Divulgação)

Panerai Luminor Marina Steel

Luminor, com a famosa proteção de coroa, é a família mais icônica da Panerai. Agora a marca inova ao trazer 58,4% de seu peso de materiais sustentáveis. Isso corresponde a 58,4% do peso total do relógio, que é de 152,4 gramas. Tanto a caixa quanto o mostrador contam com nova liga de aço reciclado. A resistência é de até 300 metros.

R$ 45.500 | officinepanerai.com.br


(Divulgação/Divulgação)

Cartier Tank Must

Existem relógios mecânicos a corda e automáticos, a quartzo... E agora movidos a energia solar. Essa foi a inovação apresentada pela Cartier em um de seus modelos mais emblemáticos, o Tank, criado em 1917. Pequenos furos nos algarismos romanos levam a luz até células fotovoltaicas escondidas atrás do mostrador. Isso alimenta a bateria. Segundo a marca, a duração de energia é de 16 anos. A tecnologia foi desenvolvida pela marca e é exclusiva por dois anos. Depois disso, poderá ser compartilhada por outras maisons do grupo Richemont, como Panerai e IWC. As pulseiras também são plant based, de resíduos de maçã.

Preço sob consultacartier.com.br


(Etienne Claret/Divulgação)

NO ÁRTICO COM MIKE HORN

A Panerai vai levar um grupo de clientes ao Polo Norte com o famoso explorador

Do gelo polar ao calor amazônico, o explorador sul-africano Mike Horn acumula façanhas. Entre elas estão cruzar os 7.000 quilômetros do Rio Amazonas a nado, dar a volta ao mundo seguindo a linha do Equador e percorrer um trajeto pelo Círculo Polar Ártico a temperaturas de -70 graus Celsius em uma escuridão quase constante. Parceiro da Panerai há duas décadas, Horn assina diversos modelos especiais, disputados por fãs da marca em todo o mundo. Em 2019, os 19 clientes que compraram um relógio em edição limitada ganharam o direito de participar de uma expedição pelo Ártico com o aventureiro. A pandemia adiou a viagem.


RELÓGIOS INOVAÇÃO

A criatividade sai da caixa e as máquinas do tempo ganham novas interpretações

(Divulgação/Divulgação)

Bvlgari Aluminium Steve Aoki

A marca mostra aqui que, para além da sofisticação de seus produtos, sabe conversar com o público mais jovem. Para esta edição limitada, a manufatura de DNA romano fez uma parceria com o DJ Steve Aoki, com o logotipo do artista no mostrador branco, de material luminescente. Tem calibre automático com 42 horas de reserva, caixa de alumínio e titânio de 40 milímetros, resistência à água de 100 metros e bisel preto de borracha com o nome Bvlgari.

R$ 20.400 bulgari.com


(Divulgação/Divulgação)

Bvlgari Octo Finissimo S

A Bvlgari reinterpretou os modernos relógios esportivos de luxo, batendo recordes seguidos de menor espessura. Este modelo abriga o movimento automático mais fino do mundo, com 2,23 milímetros de espessura. O calibre é próprio, com 60 horas de reserva, caixa de aço de 40 milímetros com mostrador prateado escovado, com indicação das horas, minutos e pequenos segundos em platina. O fundo da caixa é transparente. Resistente à água a até 100 metros.

R$ 80.000 bulgari.com 


(Divulgação/Divulgação)

IWC Big Pilot Shock Absorber XPL

Trata-se do primeiro relógio a apresentar o novo sistema de absorção de choque patenteado pela marca. Uma mola suspende o movimento dentro da caixa, protegendo-o de impactos. Também é utilizado vidro metálico a granel, um material ultrarresistente. O calibre próprio automático garante reserva de marcha de cinco dias e a caixa mede 44 milímetros. A complexidade tem seu preço: são produzidas apenas dez peças por ano.

R$ 239.000 iwc.com.br


(Divulgação/Divulgação)

TAG Heuer Carrera Porsche Chronograph

É a primeira colaboração nesta nova fase entre a relojoaria suíça e a montadora alemã. O design é baseado no Carrera Sport Chronograph da TAG Heuer. Elementos visuais dos carros foram adicionados, como as cores vermelha, preta e cinza. A caixa de aço tem 44 milímetros, cristal de safira, resistência à água de 100 metros, movimento automático com 80 horas de reserva.

R$ 41.593 tagheuer.com/br


(Divulgação/Divulgação)

Rolex Cosmograph Daytona

Que tal um relógio com mostrador que traz lâminas de meteorito metálico, um material raro vindo do espaço? Essa foi a novidade na versão atual do Daytona, um modelo idealizado para as pistas de corrida e lançado em 1963, usado por Paul Newman no filme 500 Milhas. Os contadores de cronógrafo na cor preta, em contraste com o branco do fundo, estão nas posições de 3, 6 e 9 horas. O movimento automático tem reserva de marcha de 72 horas. Vem nas versões ouro branco, como na foto, ouro amarelo e ouro rosé.

Preço sob consulta rolex.com.br


“Uma peça com seu estilo de vida é para sempre, não sai de moda. É quase um investimento”

Christian Konrad, presidente da Bvlgari para a América Latina e o Caribe


(Arte/Exame)


(Divulgação/Divulgação)

NO OCEANO PROFUNDO

A mergulhadora Sylvia Earle tem o apoio da Rolex em suas pesquisas marinhas

Poucas pessoas têm tanta intimidade com o mar como a exploradora americana Sylvia Earle. Em 1970, ela liderou uma equipe de pesquisadores que viveu por duas semanas em um laboratório submarino para estudar a vida nos oceanos e os efeitos da vida subaquática no corpo humano. Em 1979, ela estabeleceu o recorde mundial de mergulho livre, descendo 381 metros abaixo da superfície do Oceano Pacífico em um traje de mergulho resistente à pressão. Também criou a empresa de tecnologia marinha Deep Ocean Exploration and Research (Doer), para o desenvolvimento de equipamentos para exploração do mar. E fundou a Mission Blue, que ajuda a preservar áreas ameaçadas do oceano e conta com o apoio da Rolex. “O objetivo da Rolex é apoiar a exploração, a conservação, as artes e o potencial da humanidade. Então, para mim, usar um relógio da marca é como um distintivo: um sinal de que me preocupo com essas coisas também, compartilho a mesma ética”, afirma.


RELÓGIOS DE DESIGN

Por que um relógio nem sempre serve só para ver as horas

Apple Watch Series 6

O Apple Watch é o relógio mais vendido do mundo. Uma novidade é a pulseira e o mostrador dinâmico da edição Orgulho. A variedade de cores é uma homenagem à diversidade da comunidade LGBTQ+. A mais recente versão, o Apple Watch Series 6, traz um app que monitora a concentração de oxigênio no sangue. O sistema operacional watchOS 7 traz recursos como monitoramento de sono, detecção automática de lavagem das mãos e novos tipos de treino.

A partir de R$ 5.299 apple.com.br


HStern X Arthur Casas

A parceria da HStern com o arquiteto Arthur Casas, autor de projetos de lojas conceito da marca na Quinta Avenida, em Nova York, começou em 2018. O mais recente modelo mantém o estilo minimalista, com linhas puras, elegantes e funcionais, em formato redondo ultrafino, com caixa de 39 milímetros. Com movimento suíço a quartzo, vidro de safira e fecho em estilo deployant. 

R$ 4.630 hstern.com.br


(Divulgação/Divulgação)

Casio Vintage Premium

É um clássico entre os modernos. Esta nova versão, mais premium, mantém o design retrô. O diferencial está na pulseira ajustável em malha e na embalagem especial. Uma das duas versões possui caixa metálica prateada e mostrador com efeito madrepérola nas tonalidades azul e amarela. A segunda apresenta caixa e pulseira em malha de ouro rosa, trazendo um ar mais sofisticado. A inovação fica por conta do revestimento galvanizado com banho de íons e módulo equipado com uma luz de led que ilumina todo o visor. Em edição limitada.

R$ 1.099casio.com.br


“O relógio de pulso deixou de ser uma necessidade imediata e se tornou um acessório de vestuário”

Arthur Casas, arquiteto, que assina coleção de relógios minimalistas com a HStern


(Divulgação/Divulgação)

Cronógrafo Hugo Boss

Este cronógrafo consegue trazer para o universo dos ponteiros toda a elegância da grife de moda alemã. A fabricação é da Movado e o uso da marca se dá por um contrato de licenciamento. A inspiração são os modelos de aviação, com numerais arábicos. A caixa robusta de aço inoxidável mede 44 milímetros e a pulseira é de malha, do mesmo material. Vem com função data.

R$ 2.390 vivara.com.br


(Arte/Exame)


(Divulgação/Divulgação)

Victorinox New Alliance

A marca célebre pelos canivetes também assina relógios em diversos modelos, dos clássicos aos robustos. Este relógio traz design atemporal e várias possibilidades de ocasiões de uso. A caixa de aço inoxidável de 40 milímetros traz mostrador branco com ponteiros grandes, função data, segundos pequenos e indicador de fim de bateria. O cristal de safira tem proteção antirreflexo. A pulseira é de couro, o movimento é a quartzo e a resistência é de 100 metros de profundidade.

R$ 2.700victorinox.com.br


“Luxo é criar uma peça que tenha verdadeiro significado e valor para seu proprietário”

Nicolas Baretzki, CEO da Montblanc, marca de origem alemã do grupo Richemont 


Lacoste Boston Chrono

Este relógio da Lacoste é um cronógrafo, função que serve para medir um espaço de tempo. A peça, fabricada pela Movado em modelo de licenciamento, está em linha com a elegância da marca. Versátil, pode ser usado em ocasiões sociais ou casuais. A caixa mede 42 milímetros, o movimento é a quartzo, a resistência à água é de 50 metros. De aço noxidável, vem com dois anos de garantia.

R$ 990 lacoste.com/br