Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Mosaico romano de 2 mil anos é descoberto de forma inusitada

Artefato romano sobreviveu a naufrágio, guerra, incêndio, roubo e… cafezinhos; entenda

Um artefato romano de 2.000 anos foi recuperado após ser usado como mesa de centro em um apartamento de Manhattan, nos EUA, por quase 50 anos.

De acordo com o jornal inglês The Independent, o mosaico romano remonta à época do imperador Calígula, que governou o antigo império de 37 DC até seu assassinato em 41 DC.

O artefato foi assunto do programa '60 Minutes' da CBS, em que o especialista em mármore italiano Dario Del Bufalo explicou como encontrou o mosaico raro por acaso.

Em uma sessão de autógrafos de 2013 do livro 'Porfírio', de Del Bufalo, em que o autor trata da rocha ígnea vermelho-púrpura que os imperadores romanos usavam para sua arte e arquitetura, Del Bufalo conheceu um casal que reconheceu o padrão de mosaico impresso na capa da publicação.

“Havia uma senhora com um rapaz com um chapéu estranho que veio à mesa”, disse Del Bufalo. “E ele disse a ela: 'Que livro lindo. Oh, Helen, olhe, esse é o seu mosaico.' E ela disse, 'Sim, esse é o meu mosaico.'”

Del Bufalo encerrou a sessão de autógrafos para questionar a dupla, que revelou que o artefato formava o topo de uma mesa de centro em seu apartamento na Park Avenue, em Nova York.

Antes disso, pensava-se que o mosaico estava perdido. Sua jornada até virar tampo de mesa foi longa: originalmente usado como piso de um navio que submergiu no Lago Nemi, na Itália, na Roma Antiga, foi encontrado na década de 1930. Os mosaicos restantes foram mantidos em um museu à beira do lago, mas em 1944, durante a ocupação nazista na Itália, os alemães usaram o museu como um abrigo anti-bombas, queimando-o durante a retirada no fim da guerra.

O arquiteto italiano Dario del Bufalo analisa o mosaico raro por ele descoberto

O arquiteto italiano Dario del Bufalo analisa o mosaico raro por ele descoberto (Ernesto Ruscio/Getty Images)

A proprietária do artefato transformado em mesa de centro era Helen Fioratti, uma negociante de arte que possui uma galeria de antiguidades europeias e mora em Manhattan. Ela disse ao New York Times que ela e seu marido, o jornalista Nereo Fioratti, compraram a peça sem saber de seu passado de uma família nobre italiana na década de 1960 e não tinham motivos para suspeitar que não fossem os legítimos proprietários do mosaico.

Assim que os Fiorattis trouxeram o mosaico para seu apartamento, eles o fixaram em uma base para transformá-lo em uma mesa de centro. “Foi uma compra inocente”, disse Fioratti. “Era nossa coisa favorita e a tivemos por 45 anos.”

Promotores de Manhattan, no entanto, dizem que as evidências sugerem que o mosaico foi roubado do museu Nemi, segundo o New York Times. Posteriormente, foi apreendido em setembro de 2017 e devolvido ao governo italiano.

Del Bufalo disse ao '60 Minutes' que simpatiza com a Sra. Fioratti. “Tive muita pena dela, mas não pude fazer nada diferente, sabendo que no meu museu em Nemi está faltando a melhor parte que passou pelos séculos, pela guerra, por um incêndio e depois por um negociante de arte italiano, e finalmente poderia voltar ao museu ”, disse ele.

Depois de ser limpo e restaurado, o mosaico foi inaugurado em março deste ano no Museu dos Navios Romanos de Nemi.

Nesse ínterim, Del Bufalo fez uma réplica do mosaico. Ele disse ao 60 Minutes que gostaria de fazer ainda uma cópia para a Sra. Fioratti, para “devolver” à sala do seu apartamento na Park Avenue: “Acho que minha alma se sentiria um pouco melhor”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também