Brasil vai mandar ajuda humanitária ao Líbano, diz Câmara Árabe

Um avião com produtos médico-hospitalares e mantimentos deve decolar do Brasil nos próximos dias para ajudar no socorro às vítimas em Beirute

O governo brasileiro se prepara para enviar um avião com alimentos não perecíveis, insumos médico-hospitalares e material de construção para o Líbano nos próximos dias, segundo Rubens Hannun, presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira. A operação deverá ser coordenada pelo governo brasileiro. "Esse tipo de ajuda é essencial para o atendimento aos feridos na tragédia que aconteceu em Beirute e na reconstrução das estruturas danificadas", diz Hannun.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira também está organizando uma campanha para doações de pessoas físicas. Os detalhes devem ser anunciados em breve.

Nesta terça-feira, 4, duas explosões em um depósito de nitrato de amônia em Beirute devastaram quase metade da cidade. O material é utilizado para a fabricação de bombas e fertilizantes. Os feridos já passam de 5.000 e há pelo menos 135 mortos. Familiares de pessoas que desapareceram após as explosões procuram seus parentes em meio aos escombros.

A França enviou nesta quarta-feira, 5, um avião com ajuda humanitária e profissionais de saúde para coloborar com o atendimento aos milhares de feridos da explosão. Três hospitais foram completamente destruídos e outros dois sofreram danos.

O Líbano passa pela pior crise econômica de sua história, com uma inflação de 30% ao mês, 30% de taxa de desemprego e quase metade da população vivendo abaixo da linha de pobreza. O descontrole orçamentário elevou o déficit público a 170% do PIB. "Sem a ajuda humanitária de outros países, dificilmente será possível reconstruir Beirute", diz Hannun.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.