Basquete e telefone: Obama vira protagonista na reta final por Biden

Ex-presidente americano participou de comício com Biden e tem até ligado para os eleitores pedindo voto
Barack Obama: "na terça-feira, tudo estará em jogo. Nossos empregos e nossa saúde." (Reuters/Reuters)
Barack Obama: "na terça-feira, tudo estará em jogo. Nossos empregos e nossa saúde." (Reuters/Reuters)
Por Da redação Publicado em 01/11/2020 10:54 | Última atualização em 01/11/2020 10:56Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Barack Obama, ex-presidente americano, não poupou esforços na reta final na campanha Joe Biden. Além de participar de um comício juntos pela primeira fez, ele tem ligado pessoalmente para os eleitores.  No último sábado, Obama dividiu o palco com o candidato democrata, no estado de Michigan. Juntos, eles criticaram Donald Trump e convocaram à população para votar. 

“Três dias até a eleição mais importante de nossas vidas. Na terça-feira, tudo estará em jogo. Nossos empregos estarão em jogo, nossa atenção à saúde estará em jogo, o controle ou não desta pandemia estará em jogo. A boa notícia é que, na terça-feira, vocês podem escolher a mudança”, disse Obama.

Obama criticou fortemente como Trump tem conduzido o país em meio à pandemia de coronavírus e ainda tirou sarro da presença do presidente em multidões durante a campanha. “Será que ninguém foi à sua festa de aniversário quando ele era um garoto?” O comício em Michigan foi em formato drive-in. 

O antecessor de Trump pediu aos americanos que “resgatem” o país e que elejam um presidente que ame os Estados Unidos e que se importe com os americanos. “ Nós queremos um lugar onde sejamos tratados com dignidade e com respeito. Isso é possível. Quero que vocês se lembrem do que esta nação pode ser. Nós elegeremos um homem que ama este país e que se importa com vocês.”   

Descontraído 

Em um momento descontraído do encontro entre Obama e Biden, as câmeras flagraram o ex-presidente brincando com uma bola de basquete na quadra. Ele acertou um arremesso de três pontos sob o aplausos de espectadores e assessores. Ao comemorar a cesta, Obama brincou “ É isso que eu faço!”. Assista ao vídeo: 

Há poucos dias das eleições, Obama também tem ligado para os eleitores para pedir votos para Biden. Ele ressalta como a campanha está disputada e sobre a importância do voto neste momento. Na ligação, ele ainda se coloca à disposição para sanar qualquer dúvida do eleitor, inclusive sobre o local da votação. No video postado no Twitter,  Obama conversa até com um bebê. Assista abaixo:

 

 

 

 

 

3 de novembro

As eleições americanas ocorrem no dia 3 de novembro. Mais de 90 milhões de pessoas já votaram antecipadamente nas eleições presidenciais dos Estados Unidos até o último sábado. A expectativa é que sejam computados 150 milhões de votos.  

As pesquisas de intenção de voto indicam vantagem de Biden e um baixo número de eleitores indecisos. De dez institutos de pesquisa monitorados pelo jornal The New York Times, oito apontam vitória de Biden por uma diferença de 2 a 12 pontos percentuais, enquanto um prevê vitória de Trump por cinco pontos e outro, empate.

Os últimos dias da corrida à Casa Branca têm sido tumultuados com discussões acerca do voto pelo correio e da alta possibilidade de judicialização da apuração em alguns estados.

Ouça, no novo episódio do podcast EXAME Política, todos os detalhes sobre a disputa: