Vicks cria comerciais emocionantes e com temas tabus no mundo infantil

Marca de medicamentos investe no mercado asiático com comerciais longos e narrativos

São Paulo - Geralmente, as campanhas de medicamentos ou produtos de higiene pessoal, quando trazem crianças, abordam temas leves e recheiam os comerciais com cenas adocicadas. Não é o caso da americana Vicks (marca da P&G) na Ásia, contudo.

Por lá, a série de comerciais "Touch of Care" ("Toque de Cuidado") tem emocionando espectadores asiáticos e ao redor do mundo ao tratar de temas delicados, sérios e muitas vezes considerado tabus. A realidade é mais dura, muitas vezes, que um tranquilo banho de banheira. Isso não significa que a mensagem não seja de esperança.

Em março de 2017, por exemplo, a Vicks na Índia lançou um vídeo contando a história real de uma mulher transgênero e sua filha adotada. A história de amor atraiu mais de 10 milhões de visualizações no YouTube.

Em outro comercial para a Índia, de outubro de 2018, a marca contou a história de Nisha, uma menina que nasceu com uma rara condição de pele. No YouTube, acabou atraindo mais de 21 milhões de visualizações.

Também em 2018, um comercial para o mercado filipino trouxe a encenação de uma história real, de um homem envolvido em pequenos crimes que decide adotar um bebê e isso o faz mudar de vida, procurando um emprego e crescendo na vida.

Agora, o mais novo vídeo da campanha #TouchofCare, também para as Filipinas e criado pela agência Publicis de Singapura, conta uma história real pouco usual: a de uma criança portadora do vírus HIV. Lançada há menos de duas semanas, já passou dos sete milhões de visualizações.

Para a nova campanha, a marca fez uma parceria com o Projeto Red Ribbon, que é associado à Organização Mundial da Saúde e à UNAIDS.

A série, de comerciais longos e narrativos e que repensam o conceito de família, é uma tentativa da marca de tomar nova posição no mercado asiático. A estratégia tem dado certo. Na Índia, por exemplo, dados do fim de 2018 mostram que as vendas do Vicks VapoRub cresceram 31%, enquanto o Vicks Cough Drops e o Action 500 tablets aumentaram 42% e 26%, respectivamente. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também