Nike, Coca-Cola e outras marcas falam de distanciamento social

Ao redor do mundo, marcas usam o marketing para evitar a disseminação do novo coronavírus

Muitas marcas desenvolveram novas campanhas para alinhar o discurso e o propósito no momento de  pandemina do novo coronavírus.

Em geral, elas incentivam os clientes a ficar em casa e manterem hábitos de higiene como lavar bem as mãos. Veja algumas inicativas:

Na Times Square a Coca-Cola estampou a frase “Manter-se separado é a melhor forma de nos mantermos unidos”. Na imagem, as letras também ficaram mais espaçadas.

 

A Nike convocou atletas como Cristiano Ronald e Tiger Woods para divulgar a mensagem “Jogue dentro, jogue pelo mundo”.

 

O Outback Brasil divulgou um vídeo pedindo para que as pessoas fiquem em casa e oferecendo a possibilidade de consumir os produtos da rede de restaurantes por meio do delivery.

A varejista de móveis

 

Ikea preparou um vídeo, em inglês, com bons motivos para ficar em casa.

A Hyunday Brasil ensina como manter o automóvel desinfectado caso ele precise ser utilizado para, por exemplo, fazer compras essenciais.

Também no Brasil, Mercado Livre e McDonalds foram algumas das empresas que modificaram logomarcas para falar de distanciamento social.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.