• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Comercial chocante mostra o outro lado do couro

Campanha da PETA França choca clientes ao revelar sangue e vísceras por trás das bolsas, cintos e sapatos de couro animal
Campanha da Peta: loja falsa com produtos de couro para chocar clientes (Reprodução)
Campanha da Peta: loja falsa com produtos de couro para chocar clientes (Reprodução)
Por Guilherme DearoPublicado em 12/05/2016 13:13 | Última atualização em 12/05/2016 13:13Tempo de Leitura: 1 min de leitura

São Paulo - A PETA França divulgou um novo comercial um tanto gráfico e chocante para falar contra bolsas, roupas e acessórios feitos de couro. 

No vídeo "Les dessous de cuir", a organização de proteção aos animais criou uma loja falsa chamada "The Leather Work", apenas vendendo itens de couro animal - couro falso, diga-se. 

A loja ficava no CentralWorld, um importante ponto de comério de Bangkok, na Tailândia.  

As reações dos curiosos foram de espanto, medo e nojo. Ao abrir as bolsas, as pessoas encontravam "sangue, tripas, coração".

Claro, tudo falso (mas bem realista).

A ideia era justamente chocar e lembrar os consumidores que aqueles cintos, bolsas ou sapatos eram frutos de extrema crueldade para com animais.

A criação foi da Ogilvy & Mather.

Assista: