Coca-Cola assume que engorda e lança campanha anti-obesidade

Comerciais incentivam atividades físicas e mostram ações da marca em nome da saúde dos consumidores

São Paulo - Apesar da forte discussão envolvendo refrigerantes e hábitos alimentares pouco saudáveis, a Coca-Cola nunca havia abordado o assunto de frente. Pela primeira vez, a marca elegeu o tema obesidade como o ponto central em uma campanha, a "Coming Together", que foi ao ar nesta terça-feira.

O filme é só a primeira parte de uma série de ações, e serve, por assim dizer, como um pedido de desculpas enviesado. A empresa admite que os refrigerantes são um dos vilões do aumento de peso, mas destaca as medidas que tomou nos últimos anos em nome da saúde dos consumidores.

Entre os exemplos está o aumento de bebidas de baixa ou nenhuma caloria em seu portfólio, além da diminuição de 22% do número de calorias dos produtos em geral, em média. Além da ação de marketing, a empresa divulgou um comunicado oficial no qual "reforça as iniciativas para trabalhar junto com governos e comunidades contra o complexo desafio da obesidade". 

O consumo infantil, um dos assuntos mais delicados, também foi abordado. Segundo a empresa, por inicitiava própria, a distribuição de refrigerantes para as escolas americanas vem sendo gradualmente substituída por sucos, bebidas de baixa caloria e versões diets. 

A companhia lembrou ainda que já apoia uma série de iniciativas que pretendem motivar as pessoas a praticar exercícios físicos e assegura ter sido o primeiro grupo de bebidas dos Estados Unidos a informar os indicadores nutricionais e calóricos de seus produtos.

comercial foi criado pela Brightouse e pela Citizen2. Veja o vídeo abaixo:

https://youtube.com/watch?v=zybnaPqzJ6s

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também