Invest

Petrobras (PETR4), Prio (PRIO3), Gol (GOLL4): o que movimenta as empresas na bolsa hoje

Confira quais são os principais destaques das companhias listadas na bolsa de valores brasileira hoje

Petrobras (PETR4) confirma que na próxima AGO apenas os dividendos ordinários serão discutidos (Wilson Melo/Agência Petrobras)

Petrobras (PETR4) confirma que na próxima AGO apenas os dividendos ordinários serão discutidos (Wilson Melo/Agência Petrobras)

Janize Colaço
Janize Colaço

Repórter de Invest

Publicado em 25 de março de 2024 às 08h39.

Última atualização em 25 de março de 2024 às 12h16.

O Ibovespa desta segunda-feira, 25, será marcado pelos movimentos corporativos das empresas listadas. Hoje, os investidores vão ficar de olho na Petrobras (PETR4), Prio (PRIO3) e Gol (GOLL4). Confira a seguir quais são os principais destaques das companhias.

Vivara (VIVA3)

Depois de surpreender o mercado de que voltaria a ficar à frente da Vivara, o fundador Nelson Kaufman voltou atrás. Em fato relevante, a rede de joalheria informou que ele, junto de Maria Carolina Ferreira, foram nomeados para ocuparem o conselho da companhia. Com isso, Otavio Chacon do Amaral Lyra, que é o diretor Financeiro e de Relações com Investidores, foi eleito para a posição de diretor-presidente da Vivara.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras confirmou, via fato relevante enviado na última sexta-feira, 22, que vai propor apenas os dividendos ordinários aos seus acionistas na próxima assembleia geral ordinária (AGO), prevista para 25 de abril, deixando decisão sobre uma remuneração extra para outro momento.

Embraer (EMBR3)

Também na sexta-feira, a Embraer alcançou R$ 24,7 bilhões em valor de mercado, um recorde desde sua entrada no Novo Mercado da Bolsa, em 2006. O otimismo envolvendo a ação vem aumentando desde a encomenda de até 133 jatos pela American Airlines, no início do mês, e cresceu na semana passada, após a companhia divulgar balanço e guidance (projeção) para 2024 considerados fortes pelo mercado. O fluxo de notícias positivas levou a uma sequência de aumentos no preço-alvo do papel por grandes bancos.

Ultrapar (UGPA3) e Hidrovias (HBSA3)

Uma subsidiária da Ultrapar assinou instrumento de compra e venda de ações com o Pátria HBSA Co-Investimento. Com isso, serão adquiridas 128.369.488 ações da Hidrovias do Brasil, que representam 16,88% do seu capital social, por R$ 3,98 por ação. O montante, assim, equivale a R$ 510,91 milhões. A Ultrapar detém ações representativas de 4,99% do capital social da Hidrovias que, somadas às ações da transação, totalizarão uma participação de 21,87% do capital social.

Gol (GOLL4)

No fim da tarde da sexta-feira, a Gol divulgou seu relatório operacional mensal, contendo informações financeiras do período de 1º de janeiro a 31 de janeiro de 2024, apresentadas ao Tribunal de Falências dos Estados Unidos. Segundo o comunicado, a empresa registrou prejuízo líquido de R$ 135 milhões em janeiro; Ebitda de R$ 682 milhões, com margem de 34%, e receita líquida de R$ 1,982 bilhão. Naquele mês, a Gol tinha uma dívida líquida de R$ 20,21 bilhões em empréstimos e financiamentos, arrendamento e financiamentos DIP. O caixa e equivalente de caixa totalizavam R$ 2,151 bilhões e as contas a receber eram de R$ 1,052 bilhão.

Suzano (SUZB3)

A Suzano anunciou nesta segunda-feira, 25, que será proposto aos seus acionistas o aumento de capital de R$ 10 bilhões, mediante capitalização de parte do saldo da Reserva para Aumento de Capital, na sua AGO que está marcada para o dia 25 de abril.

Prio (PRIO3)

O conselho de administração da Prio aprovou o aumento de capital no valor de R$ 200 milhões, passando de R$ 7,63 bilhões para R$ 7,83 bilhões. Em fato relevante, a petrolífera destaca que o movimento será feito mediante capitalização de recursos alocados na reserva de lucros estatutária.

Boa Safra (SOJA3)

A Boa Safra comunicou a intenção de realizar uma potencial oferta pública subsequente de distribuição primária de ações ordinárias de sua emissão. Segundo o fato relevante, o montante será de, no mínimo, R$ 200 milhões, sendo que a companhia já engajou o assessoramento do BTG Pactual (mesmo grupo controlador da EXAME), XP, Bradesco BBI e Santander.

Confira as últimas notícias de Invest:

Com informações do Estadão Conteúdo

Acompanhe tudo sobre:Empresas abertasAçõesPetrobrasPrioGol Linhas Aéreas

Mais de Invest

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Senacon notifica 20 operadoras de planos de saúde por cancelamentos de contratos; veja lista

Febraban orienta clientes a dar prioridade a canais digitais por tragédia no Rio Grande do Sul

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com cautela por política monetária

Mais na Exame