• AALR3 R$ 20,24 -0.30
  • AAPL34 R$ 67,60 0.36
  • ABCB4 R$ 16,58 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,01 -0.85
  • AERI3 R$ 3,56 -1.39
  • AESB3 R$ 10,81 1.79
  • AGRO3 R$ 31,36 0.80
  • ALPA4 R$ 21,25 2.02
  • ALSO3 R$ 18,96 -0.26
  • ALUP11 R$ 27,08 -0.84
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,11 2.67
  • AMER3 R$ 21,88 -4.37
  • AMZO34 R$ 65,46 2.65
  • ANIM3 R$ 5,46 1.87
  • ARZZ3 R$ 79,49 -0.39
  • ASAI3 R$ 15,70 -1.26
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,69 -0.29
  • AALR3 R$ 20,24 -0.30
  • AAPL34 R$ 67,60 0.36
  • ABCB4 R$ 16,58 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,01 -0.85
  • AERI3 R$ 3,56 -1.39
  • AESB3 R$ 10,81 1.79
  • AGRO3 R$ 31,36 0.80
  • ALPA4 R$ 21,25 2.02
  • ALSO3 R$ 18,96 -0.26
  • ALUP11 R$ 27,08 -0.84
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,11 2.67
  • AMER3 R$ 21,88 -4.37
  • AMZO34 R$ 65,46 2.65
  • ANIM3 R$ 5,46 1.87
  • ARZZ3 R$ 79,49 -0.39
  • ASAI3 R$ 15,70 -1.26
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,69 -0.29
Abra sua conta no BTG

FPF mira universo dos criptoativos e quer NFTs e fan tokens do Paulistão

Acompanhando o movimento das principais ligas esportivas do mundo, Federação Paulista de Futebol quer utilizar tecnologia blockchain para oferecer colecionáveis e fan tokens para os torcedores
 (Agência Brasil/Fernando Torres/CBF)
(Agência Brasil/Fernando Torres/CBF)
Por Da RedaçãoPublicado em 07/12/2021 10:54 | Última atualização em 07/12/2021 11:02Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou planos para mergulhar a fundo no mercado cripto e blockchain a partir da próxima temporada. Plataforma de NFTs colecionáveis, fan tokens e outras iniciativas baseadas na tecnologia blockchain estão no radar da entidade para o Campeonato Paulista de futebol.

"A centralização dos direitos e produção com a FPF vai permitir que o parceiro oficial use as características do mundo cripto de forma totalmente inédita no Brasil, falando diretamente com as grandes torcidas. Imagina o torcedor poder comprar o NFT do vídeo e ser dono de um grande momento do seu time no campeonato?!", comentou Mauricio Portela, sócio da LiveMode, agência exclusiva do Paulistão.

Portela faz referência à criação de uma plataforma de NFTs esportivos colecionáveis, inspirada no popular NBA Top Shot, que criaria uma versão digital dos tradicionais álbuns de figurinhas de futebol. A ideia seria emitir tokens não-fungíveis contendo vídeos com lances do campeonato. Recentemente, pesquisa da Deloitte já havia citado a perspectiva de que o mercado desse tipo de criptoativos ligado ao mercado esportivo dobre em 2022 e movimente bilhões de dólares durante o período.

Além dos NFTs, a FPF também estuda o desenvolvimento de um fan token, criptoativo próprio da instituição, que permita aos torcedores fazer parte de tomadas de decisão relacionadas ao Paulistão e o uso dos ativos em troca de benefícios, produtos licensiados e outras recompensas ligadas à marca.

Para construir esses projetos, a FPF pretende conceder uma série de direitos que possibilitarão o desenvolvimento das aplicações em blockchain, como direitos de uso de imagens de todos os lances em vídeo do Paulistão para criação de NFTs e direito de uso de marca e imagens da competição para criação de fan tokens e outros criptoativos, entre outros.

No caso do fan token do Paulistão, a FPF pretende que os proprietário dos tokens possam utilizar o ativo em troca de recompensas e ações exclusivas, como participar da escolha dos destaques da competição, escolher o narrador e/ou os comentaristas das transmissões, decidir qual jogo será transmitido, escolher a nova taça do campeonato, além de experiências como "viver um dia de craque", ver a final de dentro do campo, participar da festa de premiação do torneio, etc.

A FPF enxerga o mercado cripto como uma ótima oportunidade para valorizar o seu produto e suas relações comerciais, oferecendo novas possibilidade para as empresas que atuam com a entidade.

Além da FPF, outras grandes ligas como a Premier League, a LaLiga, a Uefa e a Conmebol também estão de olho no mundo dos criptoativos e, estão utilizando os NFTs para aumentar seu alcance e estabelecer uma nova forma de interação com os torcedores. O mesmo acontece em outros esportes, com marcas como NBA, NFL, Fórmula 1 e UFC já envolvidas no setor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Veja Também

Bitcoin esboça reação, mas ainda se mantém abaixo de US$ 30 mil
Future of Money
Há 9 horas • 3 min de leitura

Bitcoin esboça reação, mas ainda se mantém abaixo de US$ 30 mil

9 grandes empresas brasileiras que decidiram apostar nas criptomoedas
Future of Money
Há 10 horas • 6 min de leitura

9 grandes empresas brasileiras que decidiram apostar nas criptomoedas