Autor de Pai Rico, Pai Pobre comenta Fórum de Davos e recomenda bitcoin

Alerta realizado pelo FMI no Fórum Econômico Mundial em Davos chamou a atenção do autor do livro nº 1 de finanças pessoais, que aproveitou a ocasião para recomendar o investimento em bitcoin
Robert Kiyosaki se tornou conhecido em todo o mundo pelo livro Pai Rico, Pai Pobre (Instagram/Reprodução)
Robert Kiyosaki se tornou conhecido em todo o mundo pelo livro Pai Rico, Pai Pobre (Instagram/Reprodução)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 23/05/2022 16:48 | Última atualização em 23/05/2022 16:48Tempo de Leitura: 4 min de leitura

O primeiro dia do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, gerou notícias e comentários de especialistas em todo o mundo. Um deles foi do autor do livro Pai Rico, Pai Pobre, que utilizou a ocasião para recomendar o investimento em bitcoin.

Robert Kiyosaki, um grande defensor das criptomoedas, comentou o alerta realizado pelo FMI sobre a situação dos mercados financeiros no momento. De acordo com o Fundo Monetário Internacional, o mundo enfrenta uma das maiores crises desde a Segunda Guerra Mundial.

Conhecido por suas previsões catastróficas sobre a economia, o autor do livro nº 1 de finanças pessoais não perdeu a oportunidade de mencionar o anúncio do FMI para supor que uma Terceira Guerra Mundial estaria próxima.

Kiyosaki fala sobre a possibilidade com certa frequência em suas redes sociais, principalmente depois do estouro da guerra entre Rússia e Ucrânia, a qual culpa os Estados Unidos e o presidente Joe Biden por acontecer.

“23 de maio em Davos, Suíça: O FMI alerta que o mundo enfrenta os maiores desafios financeiros desde a Segunda Guerra Mundial. O desastre global está vindo há anos. Líderes desesperados vão cometer atos desesperados. Guerra Mundial à vista? Deus tenha piedade de nós. Guarde ouro, prata, bitcoin. comida, armas e balas”, publicou o investidor, escritor e empresário em sua conta oficial do Twitter.

De acordo com Robert Kiyosaki, os melhores ativos para economizar no momento seriam o ouro, a prata, o bitcoin, comida, armas e balas, os quais já recomendou outras vezes. Além do bitcoin, o autor de Pai Rico, Pai Pobre já chegou a recomendar o investimento em ether e solana.

Com os mercados financeiros em queda generalizada, o bitcoin é negociado em queda de mais de 50% de sua máxima histórica em 2021. No entanto, o investidor continua bastante otimista quanto a possíveis lucros no longo prazo.

(Mynt/Divulgação)

Kiyosaki chegou a comemorar a queda da maior criptomoeda do mundo, e segue afirmando que aguarda por novas quedas para “encher um caminhão” de unidades dela.

“Eu continuo otimista sobre o futuro do bitcoin. Esperando que ele teste um novo fundo. US$ 20 mil? US$ 14 mil? US$ 11 mil? US$ 9 mil? Por que eu continuo otimista? O Fed e o Tesouro norte-americano são organizações corruptas. Eles vão se autodestruir antes mesmo de recuperar a honestidade, integridade e a bússola moral. Cuidado. Esteja atento”, publicou o escritor, em outra ocasião.

Um grande crítico do governo norte-americano, Kiyosaki defende que as criptomoedas sejam um bom investimento contra a inflação e possíveis crises financeiras. Por fazerem parte de um ecossistema financeiro alheio ao modelo tradicional, elas podem ser consideradas moedas desvinculadas ao poder de governos.

O investidor, escritor e empresário justificou o fato de comemorar quedas: “Porque quedas no mercado são boas: O Pai rico ensinou ao seu filho e eu ‘seu lucro acontece quando você compra... não quando você vende’”.

“O bitcoin é o futuro do dinheiro. Por isso que eu vou encher um caminhão [de unidades da moeda] quando ela atingir o fundo. Isso pode acontecer em US$ 17 mil ou até menos, em US$ 11 mil. A hora de ficar mais rico está chegando. Se cuidem”, recomendou Kiyosaki.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok