Novos equipamentos permitem defumar carnes até na varanda do apartamento

Além de ter lindo design, o Ugly Drum Smoker e o Pit Vertical, da Smoke Texas BBQ, controlam fumaça e ocupam menos espaço do que os defumadores tradicionais

A ideia surgiu depois que Anderson Amar, churrasqueiro especialista em defumação de carnes e proprietário da marca de equipamentos Smoke Texas BBQ, voltou de uma viagem aos Estados Unidos.

Reconhecido pela fabricação artesanal dos mais estáveis e eficientes pits do mercado brasileiro, ele já testava versões verticais do tradicional equipamento para churrasco americano ou churrasco de defumação (smoked BBQ) há algum tempo.

No churrasco americano, o processo de cocção é chamado low and slow, ou seja, é feito em baixas temperaturas de forma lenta com uso de carvão e lenhas de árvores frutíferas com a finalidade de saborizar e deixar desmanchando carnes mais “duras”, como o peito bovino, chamado pelos norte-americanos de Brisket.

“Defumar carnes tomou conta dos festivais do segmento e, consequentemente, passou a ser uma atividade amplamente difundida entre os assadores profissionais e os amadores. A questão é que só quem tinha muito espaço e uma ampla área externa podia fazer isso no Brasil. A demanda por equipamentos mais compactos e ao mesmo tempo eficientes cresceu muito”, conta Amar à coluna.

Ugly Drum Smoker

O grande diferencial do Ugly Drum Smoker em relação a um pit tradicional é a praticidade. Em um lindo tambor de cor customizável, é possível controlar a temperatura interna com facilidade através das entradas de ar, além de ser um aparelho econômico no uso de lenha e carvão. Para se ter uma ideia, com 3kg de carvão e lenha misturados, ele oferece uma defumação de até 7 horas. O valor do produto é mais um atrativo (R$ 1.800), o que o torna o melhor custo benefício do mercado.

Ugly Drum Smoker Ugly Drum Smoker

Ugly Drum Smoker (Divulgação/Divulgação)

Pit Vertical

No Pit Vertical, a tecnologia empregada é a equalização da temperatura através da água, o que faz com que a distribuição de calor seja a mesma em todo o equipamento. Assim, é possível evitar o revezamento das grelhas inferiores, onde, em um equipamento vertical comum, a temperatura tende a ser mais alta por ficar mais perto da brasa.

Com cara de geladeirinha frigobar, o aparelho tem um tubo acoplado em sua chaminé com o intuito de direcionar a fumaça para a coifa da churrasqueira comum de alvenaria presente em projetos de muitos apartamentos atualmente.

Com preços a partir de R$ 6.500, o Pit Vertical pode ser feito sob medida para atender restaurantes ou o consumidor final.

“Por ser totalmente isolado termicamente, esse equipamento pode ficar ao lado de um frigobar ou da cervejeira, pois não transmite nada de temperatura para parte externa. É perfeito para varandas gourmet porque a vedação do equipamento é impecável enquanto está em funcionamento, permitindo que a fumaça se espalhe apenas quando aberto”, garante Amar, que, além do passo a passo para montagem e utilização, disponibiliza receitas e dicas para os dois produtos.

Pit Vertical Pit Vertical

Pit Vertical (Divulgação/Divulgação)

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.