Esfera Brasil

Um conteúdo Esfera

Rio de Janeiro retoma grandes eventos e será sede do G20 em 2024

Chefes de Estado das 20 maiores potências mundiais se reunirão em novembro do ano que vem no Brasil; decisão foi comemorada pelo governador Cláudio Castro

Brasil vai receber a presidência rotativa do grupo de líderes em dezembro deste ano (Tomaz Silva/Agência Brasil/Reprodução)

Brasil vai receber a presidência rotativa do grupo de líderes em dezembro deste ano (Tomaz Silva/Agência Brasil/Reprodução)

Esfera Brasil
Esfera Brasil

Plataforma de conteúdo

Publicado em 9 de junho de 2023 às 11h03.

Última atualização em 9 de junho de 2023 às 11h04.

Depois de sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e a final da Copa do Mundo de 2014, o Rio de Janeiro se prepara para ser a sede da cúpula dos chefes de Estado do G20 em 2024. O anúncio foi feito pelo governador Cláudio Castro (PL). “É oficial! As 20 maiores potências econômicas mundiais estarão reunidas, e serão convidadas mais 10 nações, totalizando 30”, escreveu no Twitter.

A demanda para que o Rio sediasse o encontro foi apresentada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda no começo do mandato. O encontro dos líderes mundiais acontece em novembro do ano que vem.

O Rio de Janeiro quer voltar a ser palco de grandes eventos e atrair negócios e mais investimentos para o estado. Ainda neste ano, em dezembro, vai receber a presidência rotativa do grupo de líderes, hoje exercida pela Índia.

“Tudo isso foi possível graças aos esforços e empenho que estamos tendo em promover o Rio de Janeiro para o mundo. Esse encontro é um marco para a nossa história. Vamos comemorar! O mundo com os olhos voltados para o RJ”, acrescentou o governador.

Os membros do G20 representam cerca de 85% do Produto Interno Bruto (PIB) global, mais de 75% do comércio mundial e cerca de dois terços da população.

Veja também: Produção industrial no Rio cresce 6,1% no 1º trimestre, aponta estudo do IBGE

Texto da reforma tributária será colocado à prova ainda neste semestre, diz Lira

Rio dobra o número de empresas interessadas em investir no estado em 2022

G20

Além do Brasil, o G20 é formado por África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia.

Fundado em 1999, após a crise financeira asiática, o G20 é o principal fórum de cooperação econômica internacional, atuando no fortalecimento da governança global em relação às principais demandas econômicas mundiais.

A cúpula de chefes de Estado acontece anualmente. O grupo se concentrava em questões macroeconômicas, mas expandiu a agenda para abordar também comércio, desenvolvimento sustentável, saúde, agricultura, energia, meio ambiente, mudanças climáticas e ações anticorrupção.

Acompanhe tudo sobre:G20Rio de JaneiroEventos

Mais de Esfera Brasil

O que é a trava do IVA proposta pela Câmara dos Deputados

Incentivos à indústria farmacêutica alcançam maior patamar em quase 30 anos

Educação financeira é alternativa para combater superendividamento

Mais na Exame